XP planeja retorno ao mercado de criptomoedas após primeiro fracasso, diz jornal



Após um longo período fora do mercado de criptomoedas, a XP pode estar planejando um retorno em grande estilo, segundo reportagem do Estadão.

Conforme o jornal, o maior impedimento para entrada no mercado era a posição do Itaú como dono de 49% da empresa. Contudo, com o banco se desfazendo da posição, há um espaço livre para uma nova investida.

Outro movimento interessante foi o relatado pelo Brazil Journal. Segundo o site, o presidente do banco XP, José Berenguer, renunciou ao board da B3. Os motivos apurados pela reportagem foram vários: um deles é a tese de que a XP criaria uma nova Bolsa para competir com a própria B3.

A outra é que a saída do executivo está ligado a um plano ligado à criptomoedas e o desligamento seria para evitar um potencial conflito de interesses.

Em março da 2020, a XP fechou a XDEX, alegando que “a projeção do mercado, competição e os poucos avanços regulatórios diminuíram as oportunidades encontradas no início do projeto e foram a base dessa difícil decisão tomada pela empresa”.



Source link

Comments (No)

Leave a Reply