Top 5 criptomoedas para acompanhar esta semana: BTC, DOT, UNI, LINK, XMR


Bitcoin pode ganhar impulso acima de US$ 56.100 e isso pode atrair compradores para DOT, UNI, LINK e XMR.

O Bitcoin (BTC) continua a ser negociado próximo ao nível de US$ 55.000. A forte alta do Bitcoin empurrou sua dominância de 40,70% em 12 de setembro para cerca de 45% hoje. Isso mostra que a forte recuperação do mercado de criptomoedas foi em grande parte liderada pelo Bitcoin.

Este aumento acentuado no Bitcoin empurrou o Índice de Medo e Ganância para a zona de Ganância. Embora este indicador sugira que os mercados podem ter subido rapidamente em um curto espaço de tempo, ele não sinaliza necessariamente a formação de um topo no curto prazo.

Visão diária do mercado de criptomoedas. Fonte: Coin360

A história sugere que os traders que venderam suas posições de Bitcoin baseados somente nesta métrica podem ter perdido fortes ganhos antes de uma correção se estabelecer, conforme destacado pelo analista do Cointelegraph Market, Marcel Pechman.

Os touros podem estender o movimento de alta e empurrar o preço em direção à máxima histórica do Bitcoin? Se isso acontecer, altcoins selecionadas podem crescer também. Vamos estudar os gráficos das cinco principais criptomoedas que podem permanecer fortes no curto prazo.

BTC/USDT

Em 6 de outubro, o Bitcoin rompeu uma forte resistência em US$ 52.920 e os touros têm mantido o preço acima do nível de fuga desde então. Este é um sinal positivo, pois indica que os compradores podem estar segurando suas posições, esperando patamares de preço mais elevados no curto prazo.

Gráfico diário BTC/USDT. Fonte: TradingView

As médias móveis completaram um cruzamento altista e o índice de força relativa (RSI) está perto da zona de sobrecompra, sugerindo que o caminho de menor resistência é para cima.

Se os compradores empurrarem o preço acima de US$ 56.100, a tendência de alta pode ser retomada e o par BTC/USDT pode subir para US$ 60.000. Acima desse nível, um novo teste da alta histórica de US$ 64.854 é possível.

Contrariamente a esta suposição, se os ursos puxarem o preço abaixo de US$ 52.920, o par poderia cair em direção à média móvel exponencial de 20 dias (US$ 49.504). Este é um suporte importante para os touros defenderem porque uma quebra abaixo dele pode sinalizar uma mudança no sentimento de curto prazo.

Então, o par poderia cair para a média móvel simples de 50 dias (US$ 47.578) e depois descer a US$ 40.000.

Gráfico de 4 horas BTC/USDT. Fonte: TradingView

Os touros estão enfrentando vendas na zona de US$ 55.750 a US$ 56.100, mas um sinal positivo é que os compradores não permitiram que o preço caísse abaixo do 20-EMA. Isso indica que os touros antecipam uma quebra acima desta zona de sobrecarga.

Se isso acontecer, o par pode retomar sua tendência de alta. O primeiro sinal de fraqueza será uma quebra e um fechamento abaixo da 20-EMA. O RSI está formando uma divergência negativa, sinalizando que o momentum pode estar enfraquecendo.

Uma quebra e um fechamento abaixo da 20-EMA podem puxar o preço para a 50-SMA. Uma quebra abaixo deste suporte pode dar início a uma correção mais profunda.

DOT/USDT

Polkadot (DOT) tem se movido gradualmente para cima em direção à resistência de US$ 38,77. O RSI saiu da linha de tendência de baixa e a MME de 20 dias (US$ 32,15) começou a subir, indicando uma vantagem para os compradores.

Gráfico diário DOT/USDT. Fonte: TradingView

Se os touros empurrarem o preço acima de US$ 38,77, isso invalidará o padrão ombro-cabeça-ombro no gráfico diário. O fracasso dessa configuração de baixa é um sinal positivo, pois pode prender os ursos agressivos. Então, eles tentarão cobrir suas posições, resultando em um short-squeeze.

Então, o par DOT/USDT poderia começar sua jornada rumo a US$ 49,78. Alternativamente, se o preço cair do nível atual ou da resistência de sobrecarga e quebrar abaixo das médias móveis, o par pode cair para US$ 28,60.

Uma recuperação deste suporte pode manter o par no limite por alguns dias. Os ursos terão que puxar o preço abaixo da neckline para sinalizar sua supremacia.

Gráfico de 4 horas DOT/USDT. Fonte: TradingView

Ambas as médias móveis estão subindo e o RSI está em território positivo, sugerindo que os compradores estão no controle. O par pode cair para a 20-EMA, que provavelmente atuará como um forte suporte. Se o preço subir a partir deste suporte, os touros tentarão empurrar o par para US$ 38,77.

Esse nível pode atuar novamente como uma resistência forte, mas se os touros não abrirem mão do terreno, a possibilidade de uma quebra acima dele aumenta.

Por outro lado, se os ursos puxarem o preço abaixo da 20-EMA, o par pode cair para a 50-SMA. Uma quebra e um fechamento abaixo deste suporte podem resultar em uma queda para US$ 31 e, em seguida, US$ 29.

UNI/USDT

O Uniswap (UNI) tem se mantido acima da MME de 20 dias (US$ 24,55) nos últimos dias, o que mostra que os touros estão tentando defender esse suporte. No entanto, os ursos não estão com vontade de ceder, pois não permitiram que o preço subisse acima da neckline.

Gráfico diário UNI/USDT. Fonte: TradingView

Os compradores terão que empurrar e fechar o preço acima da neckline para completar um padrão inverso de ombro-cabeça-ombro. Esta configuração de reversão altista tem uma meta padrão em US$ 36,98, mas a alta pode não ser linear, já que os ursos tentarão defender o nível em US$ 31,41.

A MME de 20 dias está subindo gradualmente e o RSI está logo acima do ponto médio, sugerindo que os touros têm uma leve vantagem. Essa vantagem será perdida se o preço quebrar e fechar abaixo da MME de 20 dias.

Nesse caso, o par UNI/USDT pode cair para US$ 22. Este nível pode atuar como um suporte, mas se os ursos afundarem o preço abaixo dele, o par pode estender a queda para US$ 17,73.

Gráfico de 4 horas UNI/USDT. Fonte: TradingView

O gráfico de 4 horas mostra que o preço tem se consolidado em uma faixa estreita entre US$ 24 e US$ 26 há algum tempo. Normalmente, essas faixas estreitas resultam no início de um movimento direcional.

Se os compradores mantiverem o preço acima de US$ 26, aumenta a possibilidade de alta. Isso poderia iniciar a marcha em direção à próxima resistência em US$ 30 e depois em US$ 31.

Por outro lado, se o preço cair abaixo de US$ 24, a tendência de curto prazo pode virar a favor dos ursos. O par pode então cair para US$ 22.

LINK/USDT

O Chainlink (LINK) quebrou acima da linha de tendência de baixa em 1º de outubro, mas os touros não foram capazes de capitalizar este movimento. A altcoin ficou presa em uma faixa estreita entre US$ 25,20 e US$ 26,19 nos últimos dias.

Gráfico diário LINK/USDT. Fonte: TradingView

Ambas as médias móveis estão estáveis e o RSI tem se mantido um pouco acima do ponto médio, sugerindo um equilíbrio entre oferta e demanda. Esse equilíbrio tenderá a favor dos compradores se o preço quebrar e fechar acima de US$ 28,19.

O par LINK/USDT poderia então subir para US$ 32,11 e, mais tarde, desafiar a rígida resistência em US$ 35,33.

Como alternativa, uma quebra e fechamento abaixo de US$ 25,20 pode sinalizar que a oferta excede a demanda. O par pode então cair para a zona de suporte de US$ 22 a US$ 20,82.

Gráfico de 4 horas LINK/USDT. Fonte: TradingView

O preço caiu diante da resistência superior e os ursos puxaram o preço abaixo das médias móveis. Se os vendedores mantiverem os níveis mais baixos, o par pode descer para o suporte em US$ 25,20. Uma quebra abaixo desse nível pode sinalizar que os ursos estão de volta ao comando.

Por outro lado, se o preço subir do nível atual e ultrapassar novamente as médias móveis, isso irá sugerir que os traders estão comprando nas baixas. Os touros terão que empurrar e manter o preço acima de US$ 28,19 para sinalizar que estão de volta ao comando. Depois disso, o par pode subir para US$ 32,11.

XMR/USDT

O Monero (XMR) subiu acima da SMA de 50 dias (US$ 271) em 5 de outubro e atingiu a linha de tendência de baixa em 6 de outubro. Os ursos estão agressivamente defendendo a linha de tendência de baixa nos últimos dias, mas um pequeno sinal positivo é que os touros não permitiram que o preço caísse abaixo da SMA de 50 dias.

Gráfico diário XMR/USDT. Fonte: TradingView

A MME de 20 dias (US$ 263) está subindo gradualmente e o RSI está na zona positiva, indicando uma pequena vantagem para os compradores. Uma quebra e fechamento acima da marca psicológica de US$ 300 poderia abrir as portas para uma alta para US$ 325 e depois para US$ 339,70.

Pelo contrário, se o preço cair e quebrar abaixo da MME de 20 dias, isso irá sugerir que os traders de curto prazo estão liquidando suas posições. Isso pode derrubar o preço para US$ 250 e, mais tarde, para US$ 225.

Gráfico de 4 horas XMR/USDT. Fonte: TradingView

Os touros empurraram repetidamente o preço acima da linha de tendência de baixa, mas os ursos não permitiram que o par se sustentasse acima dela. O 20-EMA se achatou e o RSI está próximo ao centro, sugerindo um equilíbrio entre oferta e demanda.

Se o preço cair abaixo da 50-SMA, os touros de curto prazo podem jogar a toalha. Isso poderia baixar o preço para US$ 260 ou US$ 250.

Por outro lado, se os touros empurrarem o preço acima de US$ 286,80, o par pode subir para US$ 296,80. O momentum altista pode crescer se os touros empurrarem o preço acima desta resistência.

As visões e opiniões expressas aqui são exclusivamente do autor e não refletem necessariamente as visões da Cointelegraph. Cada movimento de investimento e negociação envolve risco, você deve conduzir sua própria pesquisa ao tomar uma decisão.

LEIA MAIS



Fonte: cointelegraph.com.br

Comments (No)

Leave a Reply