Rio de Janeiro irá criar criptomoeda própria e investir 1% do Tesouro em cripto, diz prefeito


Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro e a “Crypto Rio”.

Eduardo Paes (PSD), prefeito do Rio de Janeiro, afirmou que a Cidade Maravilhosa deveria ter 1% do caixa em criptomoedas, além de aceitar bitcoin como forma de pagamento para impostos e criar uma moeda digital carioca “Crypto Rio”.

As discussões iniciais se deram na quinta-feira (13) durante o evento Rio Innovation Week, onde Paes conversou com o prefeito de Miami, Francis Suarez, conhecido por ser o primeiro político dos EUA a receber o seu salário em bitcoin.

“A gente vai lançar o Crypto Rio e aplicar 1% do Tesouro em criptomoeda”, disse o prefeito do Rio de Janeiro.

Em conversa com o jornal Globo, o secretário da Fazenda, Pedro Paulo, disse que estava estudando a possibilidade de oferecer desconto adicional para o pagamento de impostos com bitcoin. “Você pega o desconto da cota única de 7% (do IPTU), vira 10% se pagar em bitcoin”.

No entanto, a Prefeitura ainda estuda o arcabouço jurídico para fazer isso, então não há nada confirmado.

Já Chicão Bulhões, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, acredita que empresas do setor de criptomoedas serão atraídos para a cidade após o pioneirismo do Rio, principalmente em alocar parte do Tesouro em criptomoedas.

“Essa empresas estão na região do Leblon e Ipanema e queremos descentralizar o máximo possível. Já tem incentivos fiscais aprovados, já tem um percentual de 2%, que queremos concentrar muito na região do Porto a vinda desses  novos atores também”, disse Chicão ao Globo.

Crypto Rio

Em uma publicação desta manhã de sexta-feira (14), a Prefeitura do Rio confirmou que um decreto publicado hoje “cria um Grupo de Trabalho para propor ações relacionadas ao desenvolvimento deste mercado com o objetivo de impulsionar a economia carioca no universo cripto.”

Com isso, segundo o site da Prefeitura carioca, o Rio dá o primeiro passo para virar um hub nacional no mercado de moedas digitais.

“O Grupo de Trabalho, coordenado pela Secretaria Municipal de Fazenda e Planejamento em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Simplificação, vai estudar formas de estimular o uso das moedas por meio de descontos ao contribuinte, como no pagamento do IPTU, por exemplo.”

A criptomoeda própria do Rio terá o objetivo de ajudar na ampliação de recursos para projetos estratégicos da cidade, assim como a MiamiCoin criada por Suarez na cidade de Flórida.

A Prefeitura promete divulgar os resultados dos estudos em 90 dias, que será quando saberemos quais destes ambiciosos planos serão realmente concretizados.

Leia também:

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br





Fonte: cointimes.com.br

Comments (No)

Leave a Reply