Reguladora italiana afirma que criptomoedas podem impactar negativamente o mercado – Money Times


Reguladores mundiais ainda querem reprimir a negociação de criptomoedas por acharem que são amplamente usadas em atividades ilegais (Imagem: Unsplash/michelebit_)

O líder da reguladora do mercado de valores mobiliários da Itália, Commissione Nazionale per le Società e la Borsa (CONSOB), afirmou que o crescente uso das criptomoedas fora de um mercado regulado pode ter consequências negativas.

Segundo um artigo da Reuters publicado nesta segunda-feira (14), o presidente do CONSOB Paolo Savona pediu por mais regulamentação, afirmando que criptomoedas podem resultar em atividades ilegais, como a lavagem de dinheiro, e dificultar o controle de bancos sobre o fornecimento monetário e do crescimento econômico.

“Sem uma supervisão adequada, poderá haver uma pior na transparência de mercado, a base da legalidade e decisão racional para operadores (de mercado)”, disse Savona em uma conferência ao vivo enquanto divulgava o relatório anual da reguladora.

“Se levar muito tempo para que a Europa apresente uma solução, a Itália terá de tomar suas próprias medidas”, explicou ele.

Crescentes preocupações na Europa

Os comentários de Savona vêm em meio a um crescente escrutínio de legisladores europeus sobre criptoativos.

Há algumas semanas, o órgão regulatório alemão BaFin reprimiu a Binance após a corretora ter anunciado seu serviço de tokens acionários (ou “stock tokens”).

No início de maio, BaFin rejeitou o pedido da corretora de remover um alerta de que a corretora provavelmente havia violado leis de valores mobiliários.

Em 11 de junho, o líder do órgão governamental de políticas econômicas dos Países Baixos afirmou que o país deveria proibir imediatamente o uso de criptomoedas.

Segundo o site neerlandês NL Times, ele afirmou que criptoativos só são usados porque as pessoas acham que irão substituir moedas fiduciárias — algo que ele acredita que não irá acontecer.



Source link

Comments (No)

Leave a Reply