Rede Solana volta a apresentar lentidão e o problema agora não são os ataques DDoS


Os desenvolvedores do protocolo Solana explicaram os motivos que levaram a nova desaceleração da rede.

Desta vez não foram ataques DDoS

Em mais um episódio de problemas na rede, os desenvolvedores da Solana trouxeram informações aos usuários que viram a rede sofrer o terceiro problema apenas este ano.

O que se imaginava é que novamente os ataques DDoS feitos por robôs nos lançamentos das ofertas iniciais de exchanges descentralizadas, as IDOs, estavam prejudicando o sistema.

Entretanto, os desenvolvedores da Solana disseram que a rede está sofrendo uma “degradação de desempenho” devido ao aumento das transações de alta computação.

Isto porque normalmente a rede Solana recebe em torno de 50.000 transações por segundo.

Após a desaceleração, o aumento nas transações de alta computação levou a uma redução da capacidade da rede para “vários milhares de transações por segundo.”

Este processo levou a falhas nas transações dos usuários.

Os desenvolvedores garantiram à comunidade que todo o ecossistema da Solana está sendo monitorado para resolver esses problemas e aumentar a resiliência.

O preço do ativo (SOL) parece não ter sofrido com a problemática e mantém um percentual de queda semelhante a de grande parte do mercado cripto que está no vermelho, seguindo a derrocada do Bitcoin.

Apesar disto o ocorrido preocupa uma vez que a rede Solana tem mostrado problemas de lentidão desde o final do ano passado, quando inclusive chegou a ficar parada por aproximadamente 17 horas.





Fonte: BITNOTICIAS.COM.BR

Comments (No)

Leave a Reply