Presidente da SEC dos Estados Unidos voltou a criticar o Bitcoin


Após ser incluído nas críticas proferidas pela senadora norte americana Cynthia Lummis, o presidente da Comissão de Valores Mobiliários (SEC) dos Estados Unidos, Gary Gensler, voltou a falar mal do Bitcoin para justificar sua falta de apreço para com a criptomoeda.

A culpa é do Bitcoin

Gensler disse na Cúpula DACOM 2021 que o Bitcoin é uma alternativa paralela para o crime de lavagem de dinheiro.

O presidente da SEC disse que o Bitcoin mina o consenso global sobre o combate à lavagem de dinheiro e estelionato.

Para Gensler, o Bitcoin põe em risco os esforços de 40 anos dos Estados Unidos no combate aos crimes financeiros.

Coitadinho dos Bancos

Segundo Gensler, o Bitcoin foi criado como uma “reação” ao sistema financeiro dos EUA e do mundo.

“O Bitcoin é uma alternativa autônoma concorrente ao sistema financeiro tradicional que mina os alicerces do sistema bancário”, disse Gensler.

O presidente da SEC observou que tal competição é inaceitável e que o Órgão regulador não a apoia.

Gensler chegou a dizer que os criptoativos lembram o “oeste selvagem”, e pediu que os fundadores de projetos de criptoativos “encontrem uma maneira de se registrar para entrar nos termos de referência para proteger os investidores”.

“Nenhum dos projetos terá a permissão da SEC para se desenvolver fora dos princípios da política pública”, acrescentou Gensler.

E por fim, para ser ainda mais cabuloso nos comentários, mesmo diante da hiperinflação que está a caminho que foi mediada pela impressão desenfreada de dinheiro FIAT, Gensler disse que o dinheiro e os projetos cripto não precisam de descentralização para funcionar.

.

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! Acesse: http://www.bitcointrade.com.br/





Fonte: BITNOTICIAS.COM.BR

Comments (No)

Leave a Reply