Preço do Ethereum pode atingir US$ 6.000 em menos de 1 ano, diz analista


Katie Stockton da Fairlead Strategies. Reprodução/CNBC

O preço do Ethereum (ETH), a segunda maior criptomoeda por capitalização de mercado, pode subir para US$ 6.000 se conseguir se manter acima de um nível técnico chave, de acordo com a analista Katie Stockton da Fairlead Strategies.

Em uma nota, divulgada pela primeira vez pelo Business Insider, Stockton observou que os ganhos recentes do ETH ao atingir um novo recorde acima de US$ 4.600 poderiam ser mantidos se a criptomoeda atingir dois marcos, dois fechamentos semanais acima de sua resistência anterior de US$ 4.384.

Se o preço do ETH terminar nesta sexta-feira e na próxima acima dessa marca, Stockton verá a criptomoeda subir 33% de seus níveis atuais para atingir a marca de US $ 6.000 nos próximos seis a 12 meses.

A analista foi citada dizendo:

“Claro, não esperaríamos que chegasse lá em linha reta, mas um rompimento confirmado apoiaria um viés de alta potencialmente durante o primeiro semestre de 2022”

Se a criptomoeda não fechar acima de US$ 4.384, ela acrescentou, os investidores podem procurar suporte potencial em torno da marca de US$ 3.340. O rompimento potencialmente levaria a uma queda de 26% para os holders.

O que dizem outros especialistas sobre o preço do Ethereum

Como relatou o CryptoGlobe, analistas do Goldman Sachs acreditam que o Ethereum pode subir para US$ 8.000 até o final do ano depois de descobrir que o criptoativo foi negociado em linha com o ponto de equilíbrio da inflação desde 2019.

De acordo com o ZeroHedge, o diretor-gerente do Mercado Global do Goldman Sachs, Bernhard Rzymelka, comparou o Galaxy Crypto Index da Bloomberg com a taxa a termo de US$ 2 anos e o swap de inflação de 2 anos, sugerindo que a inflação é uma força motriz que ajuda o Ethereum e outras criptomoedas a subir.

Rzymelka escreveu em uma nota enviada aos clientes que o cenário local parece positivo para o Ethereum, já que a criptomoeda “acompanhou os mercados de inflação de maneira particular, refletindo provavelmente a natureza pró-cíclica do ativo baseado em rede”.

O estrategista acrescentou que “o último pico no ponto de equilíbrio da inflação sugere um risco de alta se a relação de liderança dos episódios recentes for mantida”.

Vale lembrar que o ex-executivo da Goldman Sachs, Raoul Pal, revelou nas redes sociais que ele está “mais do que irresponsavelmente comprado em ETH agora”, mesmo adicionando alavancagem à sua posição na segunda maior criptomoeda por capitalização de mercado. O estrategista de investimentos citou a Lei de Metcalfe para dizer que o ETH poderia alcançar US$ 20.000 durante “este ciclo”.

No curto prazo, porém, um relatório da FSInsight delineou alvos mais próximos para seus clientes. Segundo a empresa de pesquisa e estratégia de mercado, o ETH deve subir para US$ 4.951 “com pouca ou nenhuma resistência” depois de superar o bitcoin recentemente e romper as altas de setembro.

FSInsight observa que os preços do ether subiram “sem se tornarem visivelmente sobrecomprados” nos medidores de momentum. “Outros ganhos relativos para o ether em relação ao bitcoin ainda parecem continuar no curto prazo.”

A primeira meta de alta da empresa para o ETH é de US$ 4.951, seguido por US$ 5.826, conforme relatado pelo Coindesk.

Veja também:

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br





Fonte: cointimes.com.br

Comments (No)

Leave a Reply