O papel do setor de construção que está com ‘desconto excessivo’, de acordo com Safra – Money Times


Melnick dividendos
Safra avalia que o papel da Melnick Even está muito barato se considerar o “longo histórico de desenvolvimentos lucrativos” da companhia (Imagem: Melnick/Divulgação)

Existe uma empresa do setor de construção com avaliação descontada “de modo excessivo”, afirma o Safra.

A ação é atualmente negociada a um P/VP (preço sobre valor patrimonial de 0,7 vez para 2022, o que está em linha com a média dos pares no segmento de renda média/alta. Porém, o Safra avalia que o papel está muito barato se considerar o “longo histórico de desenvolvimentos lucrativos” da companhia.

Qual é a ação?

A ação mencionada pelo Safra é da Melnick Even (MELK3), que está com recomendação de compra pelo banco e preço-alvo de R$ 9,70, o que implica um potencial de valorização de 173,2% em relação à cotação do último fechamento.

A piora das condições de mercado para as construtoras devido à alta da inflação e ao aumento dos custos fez com que o Safra cortasse suas estimativas para o nome. Analistas passaram a projetar lançamentos na ordem de R$ 800 milhões em 2022. Para 2023 e 2024, as projeções são de, respectivamente, R$ 1 bilhão e R$ 1,2 bilhão.

“Embora as taxas de juros mais baixas durante a maior parte do ano passado tenham contribuído para um aumento nos lançamentos em 2021 (R$ 3,7 bilhões em VGV [Valor Geral de Vendas]), esperamos que o ambiente macroeconômico mais severo afete as vendas das empresas e leve a uma queda nos lançamentos em 2022”, comenta o Safra, em relatório divulgado na semana passada.

Ainda assim, a Melnick conseguiu tirar vantagem da deterioração do cenário macroeconômico, afirma o Safra. A principal é o ganho de participação de mercado.

“A alta da inflação da construção, agravada pela atual crise geopolítica, teve grande impacto nas construtoras menores, que tiveram que reduzir o ritmo de lançamentos devido à pior rentabilidade dos empreendimentos”, explica o banco.

A Melnick conseguiu terminar 2021 com 30% de market share na região onde atua (Porto Alegre, Rio Grande do Sul), bem acima da Cyrela (CYRE3), de 20%, e da Multiplan (MULT3), de 14%.

“Também esperamos que sua posição de liderança continue se refletindo em maior poder de barganha com fornecedores e mão-de-obra, o que contribuiu para um orçamento estável, com a inflação interna da empresa em linha com o índice INCC (Índice Nacional de Custo de Construção)”, completa o Safra.

O otimismo do Safra também recai na formação de parcerias por parte da Melnick com players consolidados da região. O banco estima que esses acordos passem a representar de 20% a 30% do lucro da companhia no futuro, o que poderia aumentar seus retornos.

“No entanto, até que tenhamos uma visão mais clara, estamos adotando uma postura conservadora e incorporando em nossa avaliação apenas seus lançamentos consolidados e deixando essas parcerias futuras como opcional”, ressalta.

Receba as principais notícias de Comprar ou Vender!

Cadastre-se gratuitamente na newsletter de Comprar ou Vender e receba, todos os dias (de segunda a sexta-feira), uma seleção com as principais notícias e apontamentos sobre as carteiras de bancos e corretoras, além de um produto exclusivo: a Carteira Money Times, o maior consenso do mercado. Clique aqui para se cadastrar!

Disclaimer

Money Times publica matérias informativas, de caráter jornalístico. Essa publicação não constitui uma recomendação de investimento.



Source link