O mercado de DeFi perdeu US$ 14 bilhões de dólares em crimes em 2021


O mercado de finanças descentralizadas (DeFi) perdeu US$ 14 bilhões de dólares em ataques hackers e golpes no ano passado.

Crescimento desordenado

De acordo com dados da empresa analítica Chainalysis, o ano de 2021 apresentou o maior volume de perdas financeiras em protocolos de DeFi na história.

Assim como o mercado de DeFi cresceu, o número de ataques hackers e golpes também cresceu.

A Chainalysis disse que o crescimento do mercado DeFi não seguiu os mesmos níveis de segurança, o que levou a estes números preocupantes.

Apesar do mercado de DeFi ser relativamente novo, o valor perdido aumentou em +79% em comparação com 2020.

O que mais aumentou foram os casos de protocolos fraudulentos que registraram perdas de US$ 7,8 bilhões de dólares, um aumento de +82%.

No mais, cerca de US$ 2,8 bilhões de dólares foram levados em ataques hackers.

Os ataques hackers do tipo “exploit” em contratos inteligentes e os sobre os empréstimos sem garantia foram as formas mais utilizadas pelos criminosos.

Kim Grauer, chefe de pesquisa da Chainalysis, disse que um dos problemas do DeFi é que muitos protocolos têm vulnerabilidades no código que podem ser exploradas por hackers.

Em 2021 os hackers usaram ataques do tipo “exploits” em 21% dos crimes.

Já os ataques às carteiras de protocolos DeFi de exchanges levaram cerca de US$ 3,2 bilhões de dólares.

A Chainalysis também citou a natureza descentralizada de muitos protocolos como causa.

“As DeFis são uma das áreas mais interessantes no ecossistema de criptomoedas, oferecendo enormes oportunidades para empresários e usuários de criptomoedas. Mas é improvável que o DeFi realize todo o seu potencial se a mesma descentralização que o torna tão dinâmico permitir a fraude generalizada”, disse a Chainalysis.





Fonte: BITNOTICIAS.COM.BR

Comments (No)

Leave a Reply