O Irã voltou a permitir a mineração de criptoativos no país


Em mais um capítulo da mineração de criptoativos no Irã, o Ministério da Indústria e Comércio (MIMT) liberou novamente o processo no país.

Podem voltar a minerar,…

Desde o mês de dezembro do ano passado a mineração de criptoativos estava interrompida no Irã.

A medida foi tomada diante do esforço do Governo para combater a escassez de energia no país.

O Governo solicitou no ano passado que todas as empresas de mineração de criptoativos se regulamentassem no país.

Desde então as empresas clandestinas quando descobertas são fechadas e têm suas máquinas apreendidas.

Desta forma o MIMT tenta controlar o gasto energético que é elevado no país.

No início de 2022 o Irã já havia proibido a mineração e deixou as empresas paradas por mais de 4 meses.

Neste período solicitou a regulamentação das empresas de mineração de criptoativos e teve mais de 30 pedidos liberados.

…mas tem que usar energia limpa

Agora, após a paralização, a liberação ocorrerá apenas para as empresas que provarem que utilizam energia renovável.

O Governo se diz preocupado, pois a regulamentação é uma forma de controlar as empresas de mineração para que estas possam funcionar com o Governo fornecendo energia.

O problema está nas mineradoras não registradas que aumentam este consumo sem controle, alegou o MIMT.

No ano passado foi relatado pelo Órgão fiscalizador que as fazendas de mineração de criptoativos clandestinas consumiram mais de 600 MW de eletricidade.





Fonte: BITNOTICIAS.COM.BR