O FBI apreendeu BTCs furtados em um golpe e os devolverá à vítima


O Federal Bureau of Investigation (FBI) vai devolver a um cidadão norte americano o montante de 12,1 bitcoins (BTC) que foram confiscados de um golpista.

Cuidado com o golpe

A polícia dos Estados Unidos confiscou 12,1 bitcoins de golpistas que fraudaram um residente da cidade de Asheville.

A promotora do caso, Dena J. King, disse que os bitcoins foram roubados por pessoas que se passavam por funcionários do Gabinete do Inspetor Geral do Exército (OIG).O caso ocorreu em agosto de 2021, quando os criminosos contataram o cidadão cidadão por telefone dizendo que seus dados pessoais foram usados ​​para tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

Devido a isto, seus fundos tiveram que ser congelados.

De acordo com a vítima, o criminoso que usava o nome de (agente) James Hoffman, o instruiu a depositar os fundos em uma conta pública segura até que o governo confirmasse que ele não estava realmente envolvido em atividades criminosas.

Mais estarrecedor foi que os golpistas convenceram a vítima a fornecer dados confidenciais sobre contas bancárias, e persuadiram a vítima a retirar milhares de dólares de seu fundo de pensão e comprar os bitcoins na Coinbase.

À época o cidadão gastou cerca de US$ 574 mil dólares em criptomoeda.

Após acionado o FBI e com ajuda da Coinbase a polícia norte americana conseguiram confiscar os BTCs.

A promotora King disse que os golpistas estão se passando agentes governamentais, e que muitos deses casos de fraude não acabam bem.

Devido ao fato do cidadão ser um idoso, a promotora alertou para esta faixa etária, uma vez que estas pessoas são mais susceptíveis a caírem em golpes deste tipo.

No mês passado, durante a Conferência de Segurança Cibernética de Munique, o FBI comunicou que havia criado um departamento específico para investigar crimes com criptoativos.





Fonte: BITNOTICIAS.COM.BR