mercado mantém ritmo de recuperação após final de semana de perdas – Money Times


Bitcoin
Resumo diário sobre o Bitcoin, o mercado de criptomoedas e das finanças descentralizadas. (Imagem: Freepik)

Nesta terça-feira (21), o Bitcoin (BTC) continua mostrando sinais de recuperação comparado com o último final de semana de perdas – quando chegou a ser cotado a US$ 17.800 -, e agora está na região de US$ 20,900 no momento da publicação desta matéria.

O Ether (ETH), criptoativo da rede de contratos inteligentes da Ethereum, também demonstra firmeza no ritmo de recuperação do final de semana – que estava abaixo de mil dólares – e atualmente sendo cotado a US$ 1.125.

Segundo dados do CoinMarketCap, a capitalização de mercado da somatória de todos criptoativos ganha mais 2,12% no dia, e fica no patamar de US$ 916,72 bilhões.

O bitcoin manteve a dominância de mercado em cima do Ether, mesmo o Ether tendo aumentado sobre o mercado. A dominância do bitcoin e do ether é de, respectivamente, 43,4% e 14,9%.

Índice “Fear & Greed” – como está o sentimento de medo no mercado?

O índice “Fear & Greed”, ou medo e ganância, busca representar estes sentimentos que rondam o mercado. A escala do índice é de 0 a 100 pontos, onde quanto mais próximo de zero o medo é extremo, e de 100 a ganância, ou otimismo, reina:

Latest Crypto Fear & Greed Index

O índice continua na mesma em relação ao dia anterior, e segue a semana em níveis extremamente baixos nos 9 pontos.

Dados Onchain do Bitcoin (BTC)

Segundo o site de análise de dados da blockchain, Blockchain.com, a taxa de hash – capacidade máxima que um minerador pode produzir – por segundo, aumentou desde ontem para 227.314 EH/s.

Hoje, a blockchain da criptomoeda contou com cerca de 262.107 transações confirmadas na rede e se estima um volume de 196.791 BTC movimentados nessas 24 horas.

Análise de mercado

Humberto Andrade, analista sênior de trading do Mercado Bitcoin, comenta que após o final de semana péssimo, seguido de forte recuperação na segunda-feira, o preço dos ativos digitais continua em alta nesta terça-feira (21).

Para ele, depois de todo o desespero dos últimos dias, o mercado está tentando achar um pouco de tempo para respirar e entender com calma tudo o que aconteceu. 

“No entanto, vale ressaltar que as bolsas americanas ficaram fechadas, ontem, por conta do feriado no país, e há perspectivas de que a volatilidade possa voltar a partir de hoje. Afinal, a confiança dos investidores ainda está abalada, com uma grande preocupação sobre a possibilidade de a economia dos Estados Unidos entrar em recessão”, diz.

Muitos analistas estão de olho no discurso de Jerome Powell que deverá acontecer na próxima quarta-feira (22) no Senado dos Estados Unidos.

E, na quinta-feira (23), o presidente do Fed vai participar de audiência na Câmara dos Deputados, dia em que serão divulgados também os dados da PMI composto da zona do euro, Reino Unido, Alemanha e França.

Conforme diz Andrade, as incertezas do mercado estão fazendo muitos investidores perderem altas somas. Foi o que aconteceu de quinta-feira (16) até sábado (18), período que marcou a maior perda realizada em todos os tempos para o bitcoin, com investidores registrando US$ 7,3 bilhões em perdas bloqueadas.

“Para se ter uma ideia, aproximadamente 555 mil bitcoins foram negociados na faixa dos US$ 18 mil a US$ 23 mil durante um período de três dias, sendo que muitos desses vendedores compraram a criptomoeda em valores mais elevados”, explica. 

Os últimos movimentos trouxeram outros recordes nada positivos, como uma queda de 35% do TVL do mercado DeFi.

O sentimento depois do final de semana é de que é necessário reavaliar as posições com calma, uma vez que os investidores de longo prazo estão com o maior acúmulo de prejuízo não realizado dos últimos dois anos, em nível pior que os de março de 2020, quando começou a pandemia.

Marcus Sotiriou, analista de criptomoedas da Global Block, destacou que podemos estar perto de um fundo geracional à medida em que ocorrem mais liquidações forçadas.

No entanto, Yuya Hasegawa, analista da corretora de criptomoedas japonesa Bitbank, enalteceu que a queda do final de semana não foi profunda o suficiente e que o bitcoin ainda possui um potencial negativo, e se o seu PSP cair abaixo de 50%, o preço poderá finalmente ter chegado no fundo do poço.

Finanças descentralizadas (DeFi)

O setor de finanças descentralizadas (DeFi) também mostra tímidos sinais de recuperação em termos de TVL, quando comparado ao último final de semana.

O valor total travado em DeFi, segundo o site Defillama, é de U$ 90,18 bilhões, uma variação diária negativa de 3,13%.

O protocolo que tem a maior dominância, em termos de TVL, é a Aave (AAVE), plataforma de empréstimos descentralizados, com uma porcentagem de 10,76% de participação no mercado DeFi e US$ 9,7 bilhões travados no protocolo para liquidez. Uma variação diária de 1,98% positivo em seu TVL.

Siga o Crypto Times no Facebook!

Curta nossa página no Facebook e conecte-se com jornalistas, analistas e leitores do Crypto Times. Nosso time traz as discussões mais importantes do dia e você participa das conversas sobre as notícias e análises de tudo o que acontece no mundo cripto. Siga agora a página do Crypto Times no Facebook!

Disclaimer

O Money Times publica matérias informativas, de caráter jornalístico. Essa publicação não constitui uma recomendação de investimento.



Source link