Mastercard detalha como quer expandir para além do mercado de criptomoedas nacionais


Mastercard
Mastercard está ampliando sua dominância ao ser favorável a mais casos de uso com criptomoedas nacionais, além da possibilidade de utilizá-las em pagamentos (Imagem: REUTERS/Benoit Tessier)

O diretor executivo do Mastercard discutiu as ambições da empresa de pagamentos no setor de moedas digitais emitidas por banco central (CBDCs, na sigla em inglês) em uma conferência nesta quinta-feira (29).

Apesar de a empresa ter evidenciado seu interesse em atuar como uma parceira do setor privado para CBDCs — Mastercard apresentou uma plataforma de testagem para bancos centrais no ano passado —, os comentários do CEO Michael Miebach, segundo uma transcrição, acrescentou um novo grau de especificidade e sugeriu que pode se estender além do âmbito dos pagamentos.

“Precisamente para CBDCs, eu descreveria como algo relativamente inicial”, disse ele em resposta a uma pergunta sobre as iniciativas da Mastercard nesse setor, acrescentando que “nosso papel em começar a responder à pergunta que você acabou de fazer, sobre a parceria com governos, é o processo correto”.

Miebach destacou como alguns bancos centrais previam um “sistema dualista”, envolvendo tanto entidades do setor público como do privado, incluindo bancos e empresas de pagamentos. A questão, segundo Miebach, é “o que mais pode ser feito além de facilitar um pagamento”.

Como investir no mercado de US$ 250 bilhões? Fundo de Carbono dá a chance de apostar no setor que segue tendência de alta

Fazendo referência ao projeto de CBDC feito pelas Bahamas, Miebach explicou:

Existe essa questão urgente, mas também há questões sobre quais outras aplicações podem aproveitar essa infraestrutura.

Como você já deve nos ter ouvido falar sobre, no contexto de pagamentos em tempo real, nosso mercado imediato é sempre para serviços de aplicações com infraestruturas implícitas. Pretendemos fazer o mesmo aqui; uma aplicação que pode operar acima disso, que pode ser um contrato autônomo.

A Mastercard já havia destacado uma estratégia de multietapas quando o assunto são criptomoedas, incluindo o suporte direto para stablecoins.



Source link

Comments (No)

Leave a Reply