Marisa (AMAR3) tem prejuízo de R$ 77,2 milhões no 1T22, piora de 44,5% – Money Times


Marisa 1t22
A Marisa teve aumento de 44,5% no prejuízo (Imagem: Money Times/Renan Dantas)

A Marisa (AMAR3) teve prejuízo de R$ 77,2 milhões no primeiro trimestre de 2022, uma ampliação de 44,5% na comparação com o mesmo ciclo do ano passado, divulgou a companhia nesta quarta-feira (11).

O Ebitda ajustado total, que mede o resultado operacional, sofreu redução de 54,4%, saindo dos R$ 66,4 milhões do 1T21 para ir aos R$ 30,3 milhões.

A receita líquida, entretanto, ganhou fôlego de 49,9%, chegando a R$ 424,8 milhões.

Em carta aberta aos acionistas, a empresa atribuiu o desempenho dos resultados ao cenário macroeconômico e a impactos da variante Ômicron:

“Apesar dos desafios impostos pelo ambiente macro, principalmente considerando a alta da inflação, taxa de juros e nível de endividamento do consumidor – que impactam diretamente nosso público-alvo – temos observado uma aceleração na atividade no setor de varejo de vestuário e calçados após o mês de janeiro”.

“Entendemos que ainda temos muitos desafios pela frente, principalmente em termos de reconquista de fluxo e produtividade em nosso parque de lojas. Esperamos um 2022 ainda bastante desafiador com incertezas econômicas e políticas no Brasil, especialmente no segundo semestre”, afirmou.

 

Veja o documento:

 

Confira aqui o calendário completo das divulgações de balanços.

Saiba mais: como declarar renda variável no imposto de renda?

Disclaimer

Money Times publica matérias de cunho jornalístico, que visam a democratização da informação. Nossas publicações devem ser compreendidas como boletins anunciadores e divulgadores, e não como uma recomendação de investimento.

Receba as newsletters do Money Times!

Cadastre-se nas nossas newsletters e esteja sempre bem informado com as notícias que enriquecem seu dia! O Money Times traz 8 curadorias que abrangem os principais temas do mercado. Faça agora seu cadastro e receba as informações diretamente no seu e-mail. É de graça!



Source link