“Litecoin é uma criptomoeda inovadora”, disse Michael Saylor em 2020


Michael Saylor, CEO da MicroStrategy. Reprodução/Youtube.

Antes de se aprofundar no ‘maximalismo de Bitcoin’, Michael Saylor, CEO da MicroStrategy, elogiou a Litecoin e disse que há espaço para várias criptomoedas explorarem lacunas de funcionalidade do BTC.

No episódio 53 do Funky Crypto Podcast, exibido em dezembro de 2020, Saylor afirma que “Litecoin é um exemplo de criptomoeda inovadora” e sugere que “haverão pessoas trabalhando em privacidade, velocidade, smart contracts, DeFi…”

Poucos meses depois do primeiro anúncio de compra de bitcoin por parte da sua empresa de business intelligence, a MicroStrategy, Saylor já estava enxergando o Bitcoin como tecnologia superior que não poderia ser esquecida.

“Contanto que façam um bom trabalho de engenharia [para se integrar] com o Bitcoin, eles podem encontrar o seu lugar. Vai ser competitivo, Litecoin precisa competir no mundo cripto.”, disse ele.

Ele também compara o mercado de criptomoedas com a competição das empresas de tecnologia, dizendo:

“Eu acho que o Bitcoin vai ser a rede monetária emergente e dominante, não importa se Apple, Amazon, Google, Facebook, Square ou Paypal ganharem. Não importa, o Bitcoin vai ganhar.”

Em relação à integração de novas tecnologias e funcionalidades com a rede Bitcoin, o desenvolvedor Paul Sztorc defende a criação de drivechains. Entenda mais no artigo: “Essa tecnologia do Bitcoin vai destruir a sua altcoin preferida“.

Mas, basicamente, existe um caminho de desenvolvimento ganhando força que vai na direção de abraçar as tecnologias alternativas ao Bitcoin na própria rede Bitcoin, eliminando a necessidade de outros blockchains.

O discurso mudou?

Na ocasião citada anteriormente, Michael Saylor estava em um podcast com um entusiasta de Litecoin, mas o empresário já citou outras criptomoedas nominalmente. Em conversa com Peter McCormack, do podcast What Bitcoin Did, Saylor sugere Monero para quem precisa de privacidade.

Peter pergunta sobre pessoas que não colocam a conveniência em primeiro lugar, mas que precisam comprar algo que o governo não gostaria que elas comprassem ou pessoas que vivem em regimes autoritários. “E sobre esse cenário? Ainda precisamos pensar nessas pessoas, certo?”

“Se alguém precisa de privacidade, e realmente acha isso importante… Talvez você precise de Monero, você precisa de algo assim. E, se for o caso, o mercado vai determinar isso.”, responde Michael.

Com o tempo, porém, o bilionário mergulhou na comunidade maximalista e cada vez menos está aberto a criptomoedas alternativas. Eventualmente ele soltou a icônica frase “Não existe o segundo melhor criptoativo”, abandonando sua analogia de empresas de tecnologia.

“Existe um criptoativo, que se chama Bitcoin, certo? Não existe um segundo melhor, ok? Não é como Google e Facebook, não é como Apple e Amazon. Podemos debater sobre Apple e Amazon, qual a melhor? As duas parecem monopólios de tecnologia para mim. As duas parecem muito boas.

Por outro lado, Bitcoin ou… Não. Bitcoin. Bitcoin é o criptoativo. Toda essa ideia de 60% de dominância é besteira, ridícula, estúpida, certo? É estúpido! Não é 60% de dominância, é 96% ou 95% de dominância, certo?

Se você comparar o criptoativo com uma criptomoeda parecida, com uma rede de proof-of-work, que deveria ser uma reserva de valor, você será sortudo se conseguir juntar 5% de outras coisas. Não há um competidor real.”

Eventualmente, Michael Saylor abraçou tanto a narrativa de reserva de valor que não acredita mais no Bitcoin como uma moeda de troca, chegando a dizer que o dólar é a melhor moeda do mundo.

Agora, Saylor acredita que a rede Bitcoin servirá como os trilhos do dólar, a moeda que realmente será usada para pagamentos. Algumas empresas do mercado já trabalham neste sentido, utilizando a rede Bitcoin apenas como um meio de enviar e receber dólares, como a Strike.

Mas qual a sua opinião sobre a mudança de discurso de Michael Saylor? Deixe um comentário abaixo.

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br





Fonte: cointimes.com.br