Japão adverte corretora de derivativos Bybit sobre operações não registradas – Money Times


A ausência de registro das operações da Bybit no Japão acionou o alerta da reguladora do país, que não emitia advertências a empresas há mais de três anos (Imagem: Bybit/Blog)

Na última sexta-feira (28), a supervisora financeira do Japão emitiu uma advertência para a corretora de derivativos cripto Bybit por operar sem registro no país, o primeiro aviso desse tipo do órgão regulador em mais de três anos. 

A Agência de Serviços Financeiros (FSA, na sigla em inglês) do Japão afirmou que a Bybit está permitindo que residentes no país usem a corretora, mesmo sem a empresa ter permissão. Por outro lado, a corretora de derivativos cripto Deribit, por exemplo, bloqueia endereços de IP do Japão. 

A FSA não emitia um aviso desses para uma corretora cripto há mais de três anos. Em março de 2018, a Agência advertiu a Binance quanto a operações não registradas.

No ano passado, a Binance disse que iria implementar “uma restrição gradual das funções de negociação” para os residentes japoneses “em uma data posterior”. No entanto, a corretora cripto parece ainda estar operando no país.  

Ethereum: a segunda maior moeda do mercado de criptoativos

É o segundo aviso do tipo que a Bybit, sediada em Cingapura, recebeu recentemente

No início deste ano, a Autoridade de Conduta Financeira (FCA) do Reino Unido emitiu uma advertência contra a Bybit, e a corretora de derivativos teve de interromper suas operações no país. 

Segundo o gráfico elaborado pelo The Block, atualmente, a Bybit é a quarta maior corretora de futuros de bitcoin tanto em termos de volume de negociação como de posições abertas – o valor dos contratos de derivativos pendentes que ainda não foram liquidados. 



Source link

Comments (No)

Leave a Reply