Itaú, Stardust, Sp4ce Games e ConsenSys anunciam vagas de emprego ligadas à blockchain e jogos

Classificada em uma entrevista concedida no final de 2021 pelo fundador da Binance, Changpeng Zhao, o CZ, como um setor ‘sem escassez de dinheiro’, a blockchain pode ser considerada a espinha dorsal do mercado de criptoativos. Segundo o CEO da maior exchange de criptomoedas do mundo, “o financiamento, o talento e o ritmo de inovação estão todos lá [na blockchain]”, setor responsável por uma ampla gama de novas oportunidades de trabalho ofertadas por empresas brasileiras e estrangeiras. Nos últimos dias, novos postos de trabalho foram anunciados em funções relacionadas a este setor e ao de design de games. No caso da blockchain, o Real Digital representou um impulso extra na oferta de postos de trabalho. 

Itaú

O maior banco da América Latina anunciou em sua página no Linkedin vagas para desenvolvedor back-end e infra blockchain e de desenvolvedor blockchain – smart contracts. De acordo com a publicação, a primeira vaga é direcionada a profissionais para atuação “em times ágeis e multidisciplinares com arquitetura e angenharia de aplicações back-end e redes blockchain (públicas/permissionadas).” O (a) detentor (a) do cargo também deverá propor soluções  técnicas, escaláveis, seguras e resilientes, assegurar a observabilidade das aplicações, participar de todo o ciclo de desenvolvimento das aplicações, desde a concepção, construção, implantação e sustentação (build & run), dentre outras atribuições. Função em que é requerida “experiência em desenvolvimento, criação e manutenção redes blockchain e aplicações back-end, conhecimento em Conceitos de Rede e Segurança em blockchain, experiência em DevOps e na construção esteiras de CI/CD na AWS, conhecimentos em Aplicações Modernas e Tolerantes à falhas, conhecimento em cloud pública AWS, principais design patterns, visão de arquitetura de software e melhores práticas de mercado, ter trabalhado com o conceito de build & run e vivência em ambiente ágil e DevOps”, requisitos semelhantes à segunda vaga ofertada pelo banco. Embora, neste caso, seja requisitada “experiência no mercado de tokenização, NFT, criptomoedas, ativos digitais, exchanges, Ethereum (EVM) e Padrões de tokens ERCs (exemplo: ERC-20).”

Stardust

A Stardust, uma plataforma de software que permite aos desenvolvedores de jogos construir no metaverso. empresa sediada nos Estados Unidos, anunciou em sua página no Linkedin vaga de desenvolvedor de blockchain para trabalho remoto. Pelo que foi publicado, a startup está em busca de profissional que “arquitete e desenvolva contratos inteligentes, coordene com uma equipe mais ampla para integrar contratos de blockchain na pilha, faça acompanhamento de problemas e auto-implementação ou correções de design, treine outros membros da equipe em seus projetos e implementação, escreva código bem testado e documentado.” Já os requisitos necessários são: experiência de mais de dois anos em blockchain (Solidity, Ethereum ou outro blockchain), cinco anos ou mais de experiência em em engenharia (na indústria ou projetos paralelos), paixão por games e pelo metaverso e fortes habilidades de comunicação.”

Sp4ce Games

A brasileira Sp4ce Games, que surgiu como um hub explorador em soluções em blockchain, anunciou no Linkedin vaga para game designer sênior, profissional que precisa ter “conhecimento Intermediário da plataforma UNITY para criação de planejamento e tomada de decisões para criação das mecânicas possíveis visando à melhor tomada de decisão para o projeto, conhecimento em gestão de projetos para definir metas e objetivos., conhecimento em desenvolvimento de jogos RPG no mobile,, Conhecimento em Level design, conhecimento em Multiplayer dentro da ferramenta UNITY.” Em relação à experiência, a empresa pediu o mínimo de quatro anos de passagem pela área de desenvolvimento de games, além de excelente comunicação, sendo de colaboração, ótimo planejamento, senso de liderança e pensamento crítico.  

ConsenSys

A ConsenSys, empresa que desenvolve e faz a manutenção de infraestrutura e funcionamento da rede Ethereum (ETH), entre outras vagas, anunciou em sua página oficial no Linkedin oportunidade de trabalho remoto de gerente de marketing de produto “que goste de combinar profundo conhecimento técnico com narrativa para um público de desenvolvedores. Trabalhando em estreita colaboração com nossa equipe de produtos, você se concentrará em recursos de produtos que aumentam a adoção, melhoram a experiência operacional e do desenvolvedor e ajudam a trazer mais desenvolvedores e inovação para o ecossistema Web3. Você será responsável pelos principais produtos e recursos que ajudam os desenvolvedores a criar, testar e implantar facilmente no blockchain, como as APIs Infura e ambientes de desenvolvimento e estruturas de teste da Truffle e Ganache.” No rol da experiência requisitada pela empresa estão: profundo conhecimento das motivações do público técnico, histórico comprovado de sua capacidade de entender personas técnicas e criar adoção e engajamento de linhas de produtos novas e existentes, criação de conteúdo atraente de posicionamento, mensagens e liderança de pensamento, capacidade de influenciar efetivamente as partes interessadas internas e externas em todos os níveis da organização, habilidades organizacionais para definir e gerenciar vários projetos com prazos apertados de forma eficaz em um ambiente de ritmo acelerado.

Na última semana, a ConsenSys,  desenvolvedora da MetaMask e parceira do BC no Real Digital, ofereceu vagas específicas para brasileiro. No caso, oito postos para  programadores em regime de trabalho remoto na empresa que acaba de ser anunciada como uma das parceiras do Banco Central para desenvolvimento e implantação da CBDC brasileira, conforme noticiou o Cointelegraph Brasil.

LEIA MAIS:

Siga-nos nas redes sociais

Siga nosso perfil no Instagram e no Telegram para receber notícias em primeira mão!





Fonte: cointelegraph.com.br