Gestora Valkyrie arrecada US$ 10 milhões para expandir operações e atuação – Money Times


Valkyrie
A partir de novos investimentos, Valkyrie quer lançar outros produtos fiduciários de ativos digitais e ETFs, bem como um conjunto de estratégias especializado em fundos de hedge (Imagem: Crypto Times)

A gestora de criptoativos Valkyrie Investments, que recentemente aplicou para um fundo negociado em bolsa (ETF) de bitcoin (BTC), arrecadou US$ 10 milhões em uma rodada de investimentos “series A” (para otimizar sua base de usuários e oferta de produto).

Nessa rodada, não houve investidor majoritário, afirmou a empresa, mas contou com a participação de fundos de capital de risco e investidores-anjo, incluindo Precept Capital Management, 10X Capital, UTXO Management, Justin Sun, fundador da Tron, e Charlie Lee, criador da litecoin (LTC).

Com o novo aporte, Valkyrie, cuja sede é no estado americano do Tennessee, planeja expandir sua equipe, estabelecer sua atuação na Ásia e fortalecer suas linhas de produto e de distribuição, disse Leah Wald, CEO da Valkyrie, ao The Block.

Atualmente, a empresa conta com 14 funcionários, mas está em busca de contratações nas áreas de pesquisa, negociação, compliance, marketing e vendas, disse Wald. 

Quanto à expansão da linha de produtos, Wald afirmou que a empresa planeja lançar outros produtos fiduciários de ativos digitais e ETFs, bem como um conjunto de estratégias especializado em fundos de hedge.

A Valkyrie, atualmente, oferece fundos fiduciários de bitcoin e de polkadot (DOT). Os  produtos da empresa podem ser comparados com os da Grayscale, a maior gestora de criptoativos do mundo, que tem cerca de US$ 31 bilhões em ativos sob gestão.

Por outro lado, os ativos sob gestão da Valkyrie não foram divulgados. A empresa não fez comentários sobre, mas disse que “houve significativas entradas de fluxo”.

Quando questionada sobre qual é vantagem competitiva da empresa, Wald disse que Valkyire tem mais de 40 anos combinados em experiências em empresas de gestão de ativos tradicionais, como UBS e Guggenheim Partners

Valkyrie entrou com pedido para um ETF de bitcoin em março, mas a Comissão de Valores Mobiliários e de Câmbio (SEC) dos Estados Unidos adiou a decisão para agosto.

Segundo Wald, a SEC está “preocupada principalmente com a manipulação de mercado e com a confiabilidade dos dados de preços e volumes”.

Atualmente, há oito pedidos de ETF de bitcoin sob revisão da SEC, e a Comissão ainda não aprovou nenhum deles.

Quando questionada sobre se a reguladora americana aprovaria o ETF de bitcoin ainda neste ano, Wald disse que hesitaria em colocar qualquer prazo com relação à disposição da Comissão em aprovar qualquer veículo de investimentos.

A rodada “series A” levou a gestora cripto a um financiamento total de US$ 12,2 milhões. Anteriormente, a companhia arrecadou US$ 1,1 milhão em uma rodada inicial e US$ 1 milhão de um investimento estratégico da XBTO, disse Wald.





Source link

Comments (No)

Leave a Reply