Fundação para os Direitos Humanos faz doação milionária para desenvolvedores do Bitcoin, entenda o porquê


O Bitcoin Development Fund, da Human Rights Foundation, distribuiu 500 milhões de satoshis para o segundo trimestre de 2022. De acordo com o Diretor de Estratégia, Alex Gladstein, os projetos que receberam as doações são de países como Cuba, Turquia, Paquistão, Gana, Venezuela e Birmânia.

Nesta rodada, o foco das doações da Human Rights Foundation (HRF) está no desenvolvimento de softwares relacionados ao Bitcoin, construção de comunidades, monitoramento de censura, tradução e design

De acordo com sua thread no Twitter, Gladstein informa que o objetivo da HRF é “ajudar a rede e suas aplicações a se tornarem ferramentas de direitos humanos para ativistas, jornalistas, e outros grupos em risco.” 

A Human Rights Foundation concedeu 100 milhões de satoshis para a Africa Bitcoin Conference, que recebeu um bitcoin completo. O evento acontecerá em dezembro.

A Human Rights Foundation concedeu 50 milhões de satoshis (metade de um bitcoin) para:

  • Francisco Calderón, desenvolvedor venezuelano, por seu trabalho no LNp2pbot, projeto muito ativo em todo o mundo de língua espanhola.
  • Rene Pickhardt por seu trabalho contínuo na Lightning Network para tornar os pagamentos mais confiáveis e melhorar o roteamento e a eficiência.
  • Ruben Somsen e Dhruv por seu trabalho pioneiro com Bitcoin spacechains, que poderiam um dia ser usados para criar ativos em dólares e aumentar a privacidade dos usuários. 
  • Canais de Cuba, Bermuda e África do Sul, para ajudar a expandir a cobertura de adoção de criptomoedas; a ascensão dos CBDCs. Essas doações foram patrocinadas pela Paxful. 
  • Netblocks, para estudar o impacto das restrições governamentais sobre o protocolo Bitcoin.

A Human Rights Foundation concedeu 25 milhões de satoshis (um quarto de bitcoin) para Paulo Sacramento, por seu trabalho no Bitcoin Design Guide, projeto cujo objetivo final é tornar aplicações mais intuitivas e acessíveis.

Farooq Ahmed e amigos no Bitcoin Pakistan também receberam um quarto de bitcoin para traduzir recursos do BTC para o Urdu, língua falada por mais de 60 milhões de pessoas em todo o mundo.

Leia mais:

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br





Fonte: cointimes.com.br