FTX gasta US$ 210 milhões para incluir sua marca em grande time de e-sports – Money Times


Após novo acordo milionário, FTX amplia sua atuação com times profissionais, mas agora no mundo dos e-sports (Imagem: Crypto Times)

De acordo com o The New York Times, a corretora cripto FTX gastou US$ 210 milhões para renomear um time profissional de e-sports, de TSM para TSM FTX

O acordo de dez anos irá comprometer a corretora cripto em US$ 21 milhões por ano, representando um dos maiores acordos de direitos de nomeação da indústria dos e-sports. 

“Pense em uma indústria gigantesca e, então, reimagine-a na era digital: isso é o que os e-sports são para os esportes, e também, de um certo modo, o que cripto é para os setores de investimentos e de finanças”, disse Sam Bankman-Fried, CEO da FTX ao jornal americano.

Segundo a revista Forbes, o atual TSM FTX foi o mais valioso time profissional de e-sports de 2020, com uma avaliação de US$ 410 milhões. O time ultrapassou a Cloud 9, empresa fundada por um ex-campeão de Call of Duty, a qual participa em competições de games, como League of Legends e 100 Thieves

9 dicas que você precisa saber antes de começar a investir em Criptomoedas

Em abril, a FTX firmou parceria com o time de basquete Miami Heat para se tornar sua parceira cripto oficial. O acordo foi feito entre o time da NBA, a FTX  e oficiais do condado. O contrato avaliado em US$ 135 milhões destinará cerca de US$ 90 milhões desse total para o condado de Miami-Dade durante os próximos 19 anos. 



Source link

Comments (No)

Leave a Reply