Fintech brasileira Educbank lança sistema para usuários pagarem com criptomoedas mensalidades de escolas particulares em todo o Brasil

O Educbank, fintech voltada para a educação básica da América Latina, anunciou a integração de criptomoedas em seu sistema de meios de pagamento, permitindo assim que escolas particulares de todo o Brasil possam receber pagamentos com Bitcoin (BTC) e criptoativos.

“Sabemos que a ampla maioria das Escolas brasileiras ainda são reféns do ‘bom e velho’ boleto bancário. Inconformados com este cenário, queremos transformar as instituições de ensino em vanguarda no que tange as inovações financeiras”, afirmou Lars Janér, CEO do Educabank.

A companhia disponibiliza capital e tecnologias de gestão para as escolas particulares, ao mesmo tempo em que garante o recebimento integral das mensalidades sem inadimplência.

O conceito foi idealizado por Danilo Costa, quando o empreendedor administrava uma rede de escolas que ele próprio fundou e sentiu na pele o transtorno em lidar com a
inadimplência e a falta de acesso a capital.

“É inconcebível que mais de um terço dos esforços, e boa parte do orçamento dos gestores educacionais, esteja direcionado para inadimplência e questões financeiras, ao invés de estar dedicado ao que mais importa, que é educar e desenvolver pessoas”, disse Costa.

Educbank

Fundada em 2020, a companhia conta com diversas escolas, recebeu duas rodadas de investimento e, nos próximos dois anos, estima que irá direcionar mais de R$ 1 bilhão para apoiar financeiramente escolas em todos os estados brasileiros.

“Iremos trabalhar lado a lado e apoiar financeiramente escolas de todo o país, proporcionando o capital e as ferramentas necessárias para que elas tomem as decisões de longo prazo que transformarão as suas realidades, sejam elas pedagógicas ou estratégicas, como a abertura de uma nova unidade. Somos o patrocinador financeiro das escolas brasileiras de alto potencial”, evidencia Lars Janér, CEO da companhia.

Uma das propostas da fintech que mais tem chamado atenção dos usuários é a garantia dada às escolas do pagamento das mensalidades mesmo em caso de atraso dos responsáveis
financeiros.

“Não é um seguro e nem um empréstimo. É um benefício mesmo. O Educbank assume o risco de apoiar financeiramente as escolas com o maior potencial de alavancar o futuro do Brasil”, completa Fabiola Overrath, Diretora de Operações do grupo.

LEIA MAIS

Direcione seus links para OKEx em artigos, blogs e vídeos, ou coloque anúncio em seu site. O melhor programa de afiliados está na OKEx com comissões de 60%, as mais altas do mercado.

Obtenha seu link agora na OKEx!



Fonte: cointelegraph.com.br

Comments (No)

Leave a Reply