Expansão de Cripto ATMs pode favorecer câmbio em viagens internacionais


A expansão da aceitação de criptomoedas em transações comerciais ao redor do mundo impulsionou o aumento de caixas eletrônicos que utilizam criptoativos, as cripto ATMs. Na manhã desta quarta-feira (27) o monitoramento da plataforma CoinATMRadar indicava que 36.924 equipamentos estão instalados em todo o mundo, o que representa um salto de cerca de 390% em relação ao mesmo período de 2020, quando o número de máquinas girava em torno de 7.500. Além da possibilidade de saques, por meio da conversão instântanea das criptomoedas para as moedas fiduciárias locais, a proliferação de ATMs pode favorecer o câmbio em  viagens internacionais. 

Monitoramento das cripto ATMs. Fonte: CoinATMRadar

Terceiro país mais visitado do mundo com 79 milhões de visitas segundo um levantamento divulgado no ano passado pela Organização Mundial do Turismo (OTM), os Estados Unidos lideram a lista de cripto ATMs com 32.788 equipamentos instalados. De acordo com o mapeamento, o Canadá ocupa a segunda posição com 2.434 cripto ATMs, seguido pela Espanha, El Salvador e Polônia, respectivamente com 226, 204 e 183 caixas eletrônicos de criptomoedas. 

Embora as cripto ATMs se encontrem em fase inicial no Brasil, cuja iniciativa é liderada pela empresa Coin Cloud, que atingiu a marca de 24 cripto ATMs no país, distribuídas pelos estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Pernambuco, Goiás, Espírito Santo e Santa Catarina, a possibilidade de uso cambial destes equipamentos devem favorecer o crescimento deste setor no país, que ocupa a 29ª colocação no ranking de cripto ATMs.

Por outro lado, as cripto ATMs estadunidenses podem servir de aperitivo aos turistas brasileiros, uma vez o país da América do Norte concentra cinco das dez cidades mais procuradas pelos viajantes do país sul-americano de acordo com um levantamento da Casa do Chip.

Além do aumento do número de cripto ATMs, a possibilidade de câmbio com criptomoedas pode ser representar um leque maior de opções aos viajantes internacionais, o que depende da conexão de suas carteiras digitais aos equipamentos e acompanhamento das cotações entre as criptos a serem utilizadas e a moeda fiduciária escolhida no momento da operação. 

Este mês, por exemplo, a Coin Cloud anunciou a adição do ApeCoin (APE) aos seu portfólio. o que inclui as ATMs instaladas na rede de supermercados Carrefour. A inclusão da criptomoeda  do projeto da coleção de tokens não fungíveis (NFTs) Bored Yacht Club (BAYC) é mais uma possibilidade de compra de criptoativos através do real. Outra possibilidade é o caminho inverso, no caso o saque a partir R$ 50 pela conversão do APE e de outras criptomoedas disponíveis nas ATMs, cuja quantidade deverá superar 100 unidades até o final do ano, conforme noticiou o Cointelegraph Brasil.

 

LEIA MAIS:

Siga-nos nas redes sociais

Siga nosso perfil no Instagram e no Telegram para receber notícias em primeira mão!





Fonte: cointelegraph.com.br