“Existe uma diferença entre fracassar e operar uma fraude”, alega criador da criptomoeda LUNA



Do Kwon, o cofundador do Terraform Labs, disse ter ficado “devastado” com o catastrófico colapso da stablecoin terrausd (UST) e do token LUNA em maio, esperando que os milhares de investidores que foram afetados pela implosão do ecossistema Terra estejam “se cuidando”.

Kwon também afirma ter perdido quase todo o seu patrimônio líquido pessoal com a queda do Terra, enquanto também refutou afirmações de que o projeto era uma “fraude”.

“Realizei apostas confiantes e fiz declarações confiantes em nome da UST porque acreditei em sua resiliência e proposta de valor”, disse Kwon em entrevista recente ao Wall Street Journal. “Desde então, perdi essas apostas, mas minhas ações combinam 100% com minhas palavras. Existe uma diferença entre falhar e operar uma fraude.”

Leia também: De US$ 40 bilhões a zero: quem é Do Kwon, o homem que deu um golpe mundial com a criptomoeda LUNA

A estimativa é que Kwon fosse um bilionário, com base em suas alocações cripto, quando LUNA era negociado próximo de US$ 100 este ano. Ele alega que a perda de grande parte de seu patrimônio não o incomoda, pois vive “uma vida bem regrada”.

Em maio, o ecossistema Terra entrou em um grande colapso após UST — a stablecoin algorítmica do projeto que deveria manter uma paridade ao dólar americano — despencou para apenas US$ 0,13.

Ao mesmo tempo, LUNA (que, desde então, foi renomeada para LUNC), que já esteve entre as dez principais criptomoedas do mercado, usada para estabilizar o preço da UST, despencou para menos de um centavo, fazendo investidores perderem centenas de bilhões de dólares.

Terra e reguladores

O colapso do ecossistema Terra atraiu atenção regulatória.

Nos Estados Unidos, a Comissão de Valores Mobiliários e de Câmbio (ou SEC, na sigla em inglês) está investigando uma possível violação das leis federais de proteção a investidores relacionada às práticas de marketing da UST realizadas pelo Terraform Labs enquanto autoridades sul-coreanas abriram uma investigação distinta para determinar se a manipulação intencional de preço e outros problemas poderiam ser responsáveis pelo colapso da UST.

Uma ação coletiva também foi aberta contra Kwon e Terraform Labs na semana passada em um tribunal da Califórnia.

Após a queda, no fim de maio, a comunidade do Terra aprovou o lançamento do Terra 2.0, um projeto que incluía a criação de um novo token LUNA.

“Tenho muita confiança na nossa capacidade de nos reconstruirmos [e ficarmos] ainda mais fortes do que já éramos”, disse Kwon ao Wall Street Journal, acrescentando que “muitos desenvolvedores” estão “no processo de relançar suas aplicações na nova blockchain”.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.





Source link