Ethereum, Cardano e Bitcoin são as principais blockchains do mercado cripto


Ethereum e Cardano lançaram diversas atualizações este ano.

Para amanhã (12.09) está programada mais uma atualização, o hard fork Alonzo da rede Cardano.

Não por menos estas são as duas redes de blockchain com o maior número de desenvolvedores ativos.

Mas a rede do Bitcoin ainda possui o maior número de endereços ativos.

GitHub

O protocolo Cardano ultrapassou o protocolo Ethereum no número médio de propostas por mês nos repositórios Github.

A Outlier Ventures analisou a atividade dos desenvolvedores de blockchain pelo período de um ano, e o Cardano lidera em número de sugestões em repositórios GitHub com uma média de 701 commits por mês.

O Ethereum ficou em segundo lugar com 447 commits, e o protocolo IOTA em terceiro com 394.

A rede Ethereum possui mais desenvolvedores ativos que a rede Cardano.

Ambos lideram o ranking com 168 e 165 desenvolvedores, respectivamente.

Por fim o Ethereum permaneceu como o protocolo de blockchain mais ativamente desenvolvido desde o ano passado.

E é seguido pelos protocolos do Cardano e do Bitcoin.

Cadeias mais ativas

De acordo com o site de dados on chain Messari, o Ethereum apresenta o maior volume de transações diárias com em média US$ 5 bilhões de dólares transacionados.

É seguido pelo Bitcoin (US$ 4,2 bilhões), Cardano (US$ 3,4 bilhões) e PolkaDot (US$ 1,1 bilhão) em volume transacionado diariamente.

Taxas

A rede Ethereum é a que mais produz taxas diariamente.

Foram US$ 35 milhões de dólares nas últimas 24 horas.

É seguido de longe pelo Bitcoin com US$ 660.000 dólares.

A rede Cardano é a terceira, e possui registrado apenas US$ 44.500 dólares.

Esse é um ponto crítico de análise entre as redes Ethereum e Cardano.

Com a implementação do Alonzo do protocolo Cardano virão os contratos inteligentes, os aplicativos descentralizados (Dapps), tokens não fungíveis (NFTs), e ligação direta com a rede Ethereum.

A partir de então a funcionalidade da rede Cardano pode galgar passos mais largos caso essa diferença de taxas permaneça.

No longo prazo, após a implementação completa do ETH 2.0 a rede deixará de ser de prova de trabalho e se tornará de prova de consenso, se equiparando ao Cardano.

E isso afetará o valor das taxas da rede Ethereum.

Cabe ressaltar que a EIP-1559 do Ethereum no hard fork London ainda não surtiu o efeito esperado de redução de taxas.

Endereços ativos

Por fim, a rede Bitcoin lidera em número de endereços ativos com mais de 906 mil endereços.

É seguido pela Tron (714 mil), Ethereum (570 mil), Litecoin (386 mil), Bitcoin Cash (338), e só depois vem a rede Cardano com 147 mil endereços ativos.

.

Cadastre-se agora! Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos! Acesse: http://www.bitcointrade.com.br/





Fonte: BITNOTICIAS.COM.BR

Comments (No)

Leave a Reply