Ether cai abaixo de US$ 3.800, mas os traders não estão dispostos a vender nos níveis atuais


Embora Ether (ETH) tenha atingido o maior valor de todos os tempos de US$ 4.870 em 10 de novembro, os touros têm poucos motivos para comemorar. Os ganhos de 290% no acumulado do ano foram ofuscados pela queda de 18% no preço de dezembro. Ainda assim, o valor da rede da Ethereum bloqueado em contratos inteligentes (TVL) aumentou nove vezes para US$ 155 bilhões.

Olhar para o gráfico de desempenho de preços dos últimos dois meses não conta realmente toda a história, e a atual capitalização de mercado de US$ 450 bilhões do Ether o torna um dos 20 principais ativos negociáveis ​​do mundo, logo atrás do conglomerado Johnson & Johnson de dois séculos de idade.

Preço do Ether/USD na FTX. Fonte: TradingView

2021 deve ser lembrado pelo crescimento absoluto das exchanges descentralizadas, cujo volume diário atingiu US$ 3 bilhões, um crescimento de 340% em relação ao último trimestre de 2020. Ainda assim, os criptomoedas são notoriamente míopes, acentuando o impacto do canal de tendência de baixa em curso.

Mercados de derivativos não refletem vendas em pânico

Para entender se a baixa foi instilada, deve-se analisar a taxa de financiamento de futuros. Os contratos perpétuos, também conhecidos como swaps inversos, têm uma taxa embutida geralmente cobrada a cada oito horas. Essas medidas são estabelecidas para evitar desequilíbrios de risco cambial. Uma taxa de financiamento positiva indica que os comprados (longs) exigem mais alavancagem.

No entanto, a situação oposta ocorre quando as posições vendidas (shorts) exigem alavancagem adicional, e isso faz com que a taxa de financiamento fique negativa.

Taxa de financiamento de futuros perpétuos de 8 horas do Ether. Fonte: Coinglass.com

Conforme descrito acima, a taxa de oito horas tem oscilado perto de zero em dezembro, indicando uma demanda de alavancagem equilibrada de compradores e vendedores. Se houvesse alguns momentos de pânico, isso teria se refletido nos indicadores de tais derivativos.

Os melhores traders estão aumentando suas apostas de alta

Os dados fornecidos pelas exchanges destacam o posicionamento líquido de long-to-short dos traders. Ao analisar a posição de cada cliente no mercado à vista, contratos perpétuos e futuros, pode-se entender melhor se os traders profissionais estão inclinados para a alta ou para a baixa.

Existem discrepâncias ocasionais nas metodologias entre as diferentes exchanges, portanto, os visualizadores devem monitorar as alterações em vez dos números absolutos.

Razão long-to-short dos traders principais de Bitcoin nas exchanges. Fonte: Coinglass

Apesar da correção de 9% da Ether desde 24 de dezembro, os principais traders da Binance, Huobi e OKEx aumentaram seus longs alavancados. Para ser mais preciso, a Binance foi a única exchange que enfrentou uma redução modesta na proporção de long/short dos principais traders. O número passou de 0,98 para 0,92. No entanto, este impacto foi mais do que compensado pelos traders da OKEx aumentando suas apostas de alta de 1,67 para 3,20 em uma semana.

Atualmente, dificilmente há uma sensação de baixa presente no mercado. De acordo com os dados, os traders profissionais estão comprando a queda, enquanto a demanda líquida dos investidores de varejo por posições vendidas (shorts) quase não mudou ao longo do mês passado. Claro, nada disso pode prever quando o Ether mudará o canal descendente atual, mas pode-se inferir que há pouco interesse em apostar no lado negativo a partir daqui.

As visões e opiniões expressas aqui são exclusivamente do autor e não refletem necessariamente as visões do Cointelegraph. Todo movimento de investimento e negociação envolve risco. Você deve conduzir sua própria pesquisa ao tomar uma decisão.

VEJA MAIS:

Siga-nos nas redes sociais

Siga nosso perfil no Instagram e no Telegram para receber notícias em primeira mão!





Fonte: cointelegraph.com.br

Comments (No)

Leave a Reply