ETF de Bitcoin da BlackRock supera o da Grayscale em volume diário


Depois de dominar os volumes diários de negociação por 14 dias, o ETF de Bitcoin spot (à vista) da Grayscale, o GBTC, perdeu o trono. Isso porque o IBIT, ETF da BlackRock, superou o GBTC pela primeira vez na quinta-feira (1º).

O IBIT gerou US$ 303,97 milhões em volume diário de negociação ontem, em comparação com US$ 292,37 milhões para o GBTC, de acordo com o painel de dados do The Block. O FBTC da Fidelity ficou em terceiro lugar, com US$ 171,84 milhões.

Os demais ETFs de Bitcoin geraram volumes de negociação de menos de US$ 100 milhões cada. Tanto o IBIT da BlackRock quanto o FBTC da Fidelity já estavam se aproximando do volume diário de negociação do GBTC no início da semana. Além disso, em certo momento na terça-feira, deram a impressão de que ultrapassariam o fundo convertido da Grayscale. Mas isso só ocorreu, de fato, na quinta.

“O IBIT da BlackRock é o primeiro ETF a negociar mais do que o GBTC da Grayscale em um único dia”, disse o analista de ETFs da Bloomberg, James Seyffart, no X. “O volume total de negociação hoje foi meio decepcionante, no entanto, com US$ 924 milhões — o primeiro dia abaixo de US$ 1 bilhão em volume de dólares para o grupo desde o lançamento.”

ETF da BlackRock supera o GBTC

O volume de negociação acumulado para os ETFs de Bitcoin spot está se aproximando de US$ 30 bilhões. O IBIT da BlackRock também liderou em termos de entradas na quinta-feira, adicionando US$ 163,9 milhões ao fundo. O FBTC ficou em segundo lugar, com US$ 35,8 milhões em entradas.

Enquanto isso, o GBTC registrou saídas de US$ 182 milhões. Trata-se do menor valor em saídas desde o dia 11 de janeiro, quando os fundos estrearam para negociação.

As entradas líquidas totalizaram US$ 38,5 milhões ontem — o quinto dia consecutivo de entradas. As entradas líquidas totais atualmente giram em torno de US$ 1,4 bilhão após 15 dias de negociação, de acordo com dados da BitMEX Research.



Fonte: BITNOTICIAS.COM.BR