Essas são as ações mais sobrevendidas do índice S&P 500


Certas ações se tornaram tão sobrevendidas durante a baixa brutal do mercado que já deviam ter se recuperado há muito tempo.

A sobrevenda indica que o ativo passou por um movimento de desvalorização intenso ou prolongado, mas que está próximo de reverter a situação e, potencialmente, iniciar um movimento de alta.

Por isso, com as ações se recuperando minimamente nesta terça-feira (21) depois de semanas de grandes perdas, a CNBC Pro elencou as ações negociadas pelo valor mais distante do preço médio dos últimos 200 dias, uma medida comum de tendência de longo prazo. 

A partir de dados do FactSet, a CNBC Pro observou quais das ações sobrevendidas poderiam apresentar certo retorno daqui para frente:

  • As ações da Netflix (NFLX) estão sendo negociadas 61% abaixo de sua média de 200 dias. A plataforma de streaming sofreu uma queda por conta da desaceleração no número de novos assinantes e pelo aumento da concorrência. Ainda que estas questões fundamentais possam não desaparecer tão cedo, as ações podem se recuperar.
  • Algumas ações com grande balanço econômico estão relacionadas a viagens, as empresas Caesars Entertainment (CZR), Royal Caribbean (RCL) e Carnival Corp (CCL) viram alguma recuperação no início de 2021, quando os investidores apostaram na reabertura da economia pós-pandemia. No entanto, as ações caíram novamente enquanto a pandemia se prolongava e a inflação cortava as margens de lucro.
  • Outros ações apresentadas foram as do site de comércio eletrônico Etsy (ETSY), da empresa de pagamentos online PayPal (PYPL), da fabricante de scanners 3D Align Technology (ALGN), e da marca de roupas Under Armour, Inc. Class A (UAA)

A CNBC sugere que estes nomes provavelmente seriam bons apenas para negociações a curto prazo pois “os fundamentos falhos destas empresas não vão ser corrigidos tão cedo. Mas nada disso significa que as ações não possam se recuperar um pouco.”

Leia também:





Fonte: cointimes.com.br