Entenda como os traders usam a arbitragem para ganhar dinheiro durante a queda do mercado cripto


Pode parecer um pouco mórbido falar sobre ganhar dinheiro durante uma queda de mercado que fez o bitcoin (BTC) e o ether (ETH) terem dificuldade para manter seus preços acima de US$ 20 mil e US$ 1 mil, respectivamente. Nesta segunda-feira (20), a capitalização global do mercado de criptomoedas é de menos de US$ 890 bilhões — um contraste gritante dos US$ 3 trilhões registrados em novembro de 2021.

No entanto, o fato é que existem estratégias para ganhar dinheiro durante a queda do mercado cripto e traders que atuam com arbitragem – não, não é a arbitragem do futebol – estão implementando essas táticas.

É possível descrever arbitragem financeira como a compra e venda simultânea de um ativo para a geração de lucro por pequenas discrepâncias entre mercados. Quando essas diferenças são pequenas, a velocidade domina tudo. Árbitros usam algoritmos para encontrar oportunidades e robôs para explorá-las antes de essa lacuna se fechar.

Isso é fundamental para empresas de negociação em alta frequência (ou HFT, na sigla em inglês), como Citadel Securities e Tower Research Capital.

Mas você não precisa ser um trader quântico para ganhar dinheiro com uma estratégia de arbitragem neste momento, segundo Ahmed Ismail, presidente e CEO da Fluid Finance, em entrevista ao Decrypt .

Durante a conversa, ele compartilhou sua tela e mostrou que, entre diversas corretoras centralizadas de criptomoedas, o delta (a diferença entre preços) para o bitcoin (sem dúvidas, a criptomoeda mais líquida) era de US$ 45. Isso significa que alguém pode ter comprado US$ 45 equivalente em bitcoin em uma corretora e duplicado seu dinheiro ao vendê-lo por US$ 90 em outra.

“Tenho amigos que, francamente, não são muito espertos, mas que ganham muito dinheiro de estratégias muito, muito simples como essa”, disse Ismail. “Essas são pessoas que têm dois anos de experiência em negociação.”

Antecipação

Fluid Finance, uma agregadora de liquidez, utiliza inteligência artificial (ou IA) para antecipar variações de preço entre corretoras centralizadas (como Binance e Coinbase ) e corretoras descentralizadas ou DEXs (como Uniswap e Curve ). Na sequência, Fluid vende ativos para usuários, como o bitcoin, pelo melhor preço e toma conta da liquidação na corretora.

“Somos uma espécie de inimigo dos traders arbitrários, pois usamos as mesmas estratégias que eles para prever o mercado usando o aprendizado em hiperescala e estratégias baseadas em finanças quânticas que são usadas no mundo das negociações de alta frequência”, explicou Ismail. “E usamos isso para prever o mercado e dar aos clientes a melhor execução possível.”

Já que existe muita fragmentação e iliquidez no mercado cripto, há espaço suficiente para que empresas como a Fluid e árbitros coexistam.

Muita arbitragem também pode ser executada completamente em blockchain, contou Juan Pellicer, analista de pesquisa na empresa de inteligência do mercado cripto IntoTheBlock, ao Decrypt .

Por exemplo, Pellicer disse que encontrar uma oportunidade de arbitragem triangular em blockchain pode acontecer da seguinte forma: Um trader percebe que pode comprar 1 wrapped ether (WETH) por 1.400 DAI na SushiSwap e que o WETH, uma versão do ether que pode ser usada em outras blockchains , pode ser vendido na Uniswap por 1.500 USDC.

“Com DAI, é possível comprar ETH a US$ 1,4 mil na SushiSwap e vendê-lo por US$ 1,5 mil na Uniswap, ganhando US$ 100”, explicou.

Em um mercado turbulento, facilita se a negociação mais recente nessa estratégia for feita com uma stablecoin . Reduz a chance de o trader terminar com um ativo que se desvalorize antes de gerarem um ganho.

Empréstimos-relâmpago e arbitragem

Uma versão ainda mais sofisticada da arbitragem envolve empréstimos-relâmpago (ou “flash loans”), explicou Caleb Sheridan, cofundador da Eden Network, ao Decrypt .

“É possível criar valor virtualmente ‘do nada’ com a arbitragem atômica”, afirmou. “Você não precisa ter capital ou tomar riscos ao armazenar muitos fundos. Você começa com um empréstimo-relâmpago, compra um ativo, vende-o a um preço mais alto e paga o empréstimo em uma só transação. Seu lucro é o que restar.”

O que a arbitragem atômica perde no número de pessoas que sabem como fazê-la, compensa pela competição entre aqueles que a entendem.

É parte do motivo pelo qual a Eden Network existe. O protocolo permite que traders garantam o posicionamento de sua transação em um bloco específico na rede Ethereum.

“Qualquer um pode fazer os cálculos no Ethereum e entender se há um desequilíbrio e entender a melhor e mais eficiente forma de eliminar esse desequilíbrio”, explicou Sheridan. “Cria uma espécie de jogo entre pesquisadores. Existem muitas pessoas analisando as mesmas oportunidades e estão competindo entre si.”

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co .
O post Entenda como os traders usam a arbitragem para ganhar dinheiro durante a queda do mercado cripto apareceu primeiro em Portal do Bitcoin .



Fonte: theblockcrypto.com