Empresa brasileira lança primeira carteira web3 para Bitcoin


Criada pela Pollum, empresa brasileira de desenvolvimento de soluções em blockchain, a Pali Wallet é a primeira carteira de Bitcoin web3.

Uma web3 wallet é definida pela fácil interação com aplicativos descentralizados (dapps) enquanto mantém a auto custódia (o usuário tem total controle sobre os fundos da carteira).

Isso significa que para receber, enviar ou manejar as criptomoedas não há necessidade de deixar as moedas nas mãos de um terceiro, como uma corretora.

Mesmo assim, quando se trata de uma Web3 wallet, o usuário consegue negociar seus ativos e se beneficiar de outras aplicações em blockchain.

“É uma experiência completamente diferente, que permite você manter várias aplicações em cripto rodando em blockchains simultaneamente, como DeFi (finanças descentralizadas), jogos, NFTs, e muito mais diretamente do seu navegador.”, explicou a Pollum.

Como funciona a Pali Wallet

Os entusiastas de criptomoedas mais familiarizados com o Ethereum conhecem a MetaMask, web wallet que interage com diversas aplicações. A Pali Wallet é similar, acessada diretamente no navegador do usuário.

A principal diferença entre as duas carteiras é que a Pali é compatível não apenas com aplicações baseadas no Ethereum (como também Binance Smart Chain, Matic, Fantom, e outras), mas também com redes bifurcadas do Bitcoin como Syscoin, Bitcoin Cash e Litecoin.

A versatilidade foi um ponto importante na construção da carteira, que se tornou a única opção para desenvolvedores testarem soluções dApps utilizando Syscoin Core e a NEVM (Network Enhanced Virtual Machine), que em resumo é a versão da Syscoin para Contratos Inteligentes/EVM.

O uso da NEVM na Pali Wallet pode reduzir drasticamente os custos em termos de taxas de Gas, que hoje na rede Ethereum não é mais algo que pode ser ignorado quando se está realizando qualquer tipo de transação.

A Pali Wallet também traz uma camada extra de segurança. Por ser compatível com HD BIP 32, a carteira dá suporte à mais conhecida hardware wallet do mercado, a Trezor. Com a carteira física, o usuário tem a segurança de não expor suas informações a terceiros em nenhum momento.

Interface da Pali Wallet

“Muito se fala de trading e investimentos com criptomoedas aqui no Brasil, mas infelizmente ainda vemos pouco desenvolvimento blockchain de fato. Por isso acreditamos que além do valor utilitário que a Pali traz para os usuários, esse projeto é um marco no mercado de desenvolvimento nacional por trazer à tona um produto revolucionário, grátis e de fácil acesso – tudo isso feito com uma equipe 100% nacional.”, disse o CEO da Pollum Kauê Cano.

Após um período de closed beta, a Pali se encontra na etapa final de auditoria com a empresa de cibersegurança irlandesa Cyrex, responsável por grandes entregas como Doom Eternal. Nas próximas semanas, a extensão será lançada oficialmente na loja do Chrome, com planos de lançamento também na loja da Firefox.

Leia também:

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br





Fonte: cointimes.com.br

Comments (No)

Leave a Reply