DEXs tornam-se a salvação após China banir criptomoedas


Ao longo dos últimos meses, houve alguns movimentos importantes na China que abalaram o mercado de criptomoedas e os mercados financeiros globais. A crise da dívida do conglomerado de construção civil Evergrande disparou ondas de choque em todos os mercados de ações globais, bem como a sinalização da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) de que deve impor um forte marco regulatório para stablecoins e protocolos de finanças descentralizadas (DeFi) no país continuaram a pesar sobre o sentimento do mercado.

Enquanto a situação Evergrande parece resolvida, a repressão do governo americano às plataformas DeFi não regulamentadas e às transações de stablecoins continua. Isso resultou no crescimento dos volumes de negociação de protocolos cross-chain de primeira camada e de protocolos de segunda camada, à medida que os traders procuraram plataformas descentralizadas para interagir com o mercado.

De acordo com o CEO da CryptoQuant, Ki Young Ju, depois que a China anunciou a proibição de  transações de criptomoedas, as principais exchanges de criptomoedas, como a Huobi, suspenderam os serviços das contas de clientes da China continental.

Isso desencadeou uma migração parcial de fundos das exchanges centralizadas asiáticas(CEXs) para exchanges descentralizadas (DEXs) e para o ecossistema de finanças descentralizadas de uma forma mais ampla.

Parece que os usuários Huobi moveram $ ETH, #stablecoins e tokens de DEX para exchanges descentralizadas, como a Uniswap.

As transações de saída aumentaram depois que a Huobi anunciou a suspensão das contas existentes na China continental.

Ironicamente, a regulamentação levou à descentralização.

Este fenômeno é particularmente interessante e requer um olhar mais aprofundado, dado o fracasso assumido London hard fork do Ethereum para resolver a questão das taxas de gás insustentáveis e as preocupações regulatórias crescentes sobre a resposta dos EUA aos movimentos chineses em relação às criptomoedas.

Vamos dar uma olhada em algumas das DEXs e protocolos populares que, no momento, estão tendo um aumento nas entradas de capital.

A rede Ethereum

O Ethereum é de longe a rede de contratos inteligentes dominante e hospeda as maiores e mais utilizadas exhanges descentralizadas, como a Uniswap (UNI) e a SushiSwap (SUSHI), de acordo com dados da Dune Analytics.

Volume mensal das DEX. Fonte: Dune Analytics

Embora a proibição das criptomoedas na China tenha dominado as manchetes nas últimas duas semanas de setembro, o anúncio foi feito originalmente em 3 de setembro, momento em que a atividade na Uniswap começou a aumentar.

Volume de negociação vs receitas da Uniswap. Fonte: Token Terminal

Conforme mostrado no gráfico acima, o pico na atividade da Uniswap e no volume de negociação realmente começou em 28 de agosto e permaneceu elevado acima de sua média anterior nas semanas seguintes.

A Uniswap também se beneficiou de suas integrações recentes com as soluções recém-lançadas de segunda camada Optimism e Arbitrum, que ajudaram a reduzir os custos de transação e acelerar os tempos de confirmação para usuários na rede.

A rede Fantom

O protocolo Fantom ganhou destaque nos últimos meses, graças ao lançamento de uma ponte para a rede Ethereum e um programa de incentivo a desenvolvedores de 370 milhões, implementado para atrair novos projetos para o ecossistema Fantom.

Dados do Token Terminal mostram que, embora o anúncio do programa de incentivo em 30 de agosto tenha proporcionado um impulso inicial na receita do protocolo e no preço do token, só depois do anúncio chinês em 3 de setembro a atividade e a receita do protocolo realmente experimentaram um aumento sustentado.

Preço do Fantom vc Receitas do protocolo. Fonte: Token Terminal

O Fantom utiliza uma arquitetura de gráfico acíclico direcionado que proporciona alta capacidade de processamento e taxas quase nulas. Isso ajudou o protocolo a crescer em popularidade entre os traders de DeFi e de NFT que foram excluídos do Ethereum por conta dos altos custos de transação.

SpookSwap e SpiritSwap são as duas principais DEXs na rede Fantom e, juntos, lidam atualmente com uma média de US$ 95 milhões em volume diário de negociação.

Avalanche

A rede Avalanche é um protocolo blockchain que vem ganhando força desde o lançamento do programa de incentivo se liquidez de mineração Avalanche Rush, que oferece mais de US$ 180 milhões em recompensas e incentivos como forma de atrair liquidez para o ecossistema DeFi na Avalanche.

Preço do AVAX vs Receitas do protocolo. Fotnte: Token Terminal

Desde o lançamento do programa de incentivos em meados de agosto, a receita do protocolo e o valor do token nativo AVAX aumentaram à medida que os usuários transferiam ativos à rede via cross-chain para tomar parte no crescente ecossistema DeFi do Avalanche.

De acordo com dados da DefiLlama, as principais DEXs na Avalanche são a Trader Joe (JOE) e a Pangolin (PNG), que juntas têm um volume médio de negociação diária de US$ 355,2 milhões.

Negociação de futuros perpétuos descentralizados

O protocolo descentralizado de negociação de contratos futuros perpétuos dYdX, que explodiu em popularidade em setembro após o airdrop do DYDX, seu token DYDX nativo, também viu um aumento na sua atividade e nos seus volumes do usuário.

De acordo com dados da Token Terminal, o volume diário de negociações na exchange explodiu nos últimos dias de setembro, passando de uma média inferior a US$ 2,1 bilhões para mais de US$ 9 bilhões em 27 de setembro.

Valor total bloqueado na dYdX versus volume de negociação. Fonte: Token Terminal

A repressão regulatória tem sido especialmente dura com as exchanges de criptomoedas que operam derivativos e alavancagem, como a BitMEX e a Binance. Isso ocasionou um aumento na demanda por opções descentralizadas como dYdX e Hegic.

Embora muitas pessoas da comunidade de criptomoedas lamentem a repressão da China ao setor, a mão pesada dos chineses pode ter se revelado uma bênção disfarçada de maldição. Ela fez com que os traders se aventurassem no ecossistema DeFi através de exchanges descentralizadas, contribuindo para a sua rápida expansão. É aí que está o ethos da descentralização: na capacidade de cada um “ser seu próprio banco”, que estão disponíveis para aqueles que assim o querem.

As visões e opiniões expressas aqui são exclusivamente do autor e não refletem necessariamente as visões do Cointelegraph Brasil. Cada movimento de investimento e negociação envolve risco, você deve conduzir sua própria pesquisa ao tomar uma decisão.

LEIA MAIS

Direcione seus links para OKEx em artigos, blogs e vídeos, ou coloque anúncio em seu site. O melhor programa de afiliados está na OKEx com comissões de 60%, as mais altas do mercado.

Obtenha seu link agora na OKEx!





Fonte: cointelegraph.com.br

Comments (No)

Leave a Reply