Desenvolvedores do Bitcoin agora possuem defesa legal garantida por fundo de Jack Dorsey


Jack Dorsey, ex-CEO do Twitter.

Jack Dorsey, ex-CEO do Twitter e proeminente defensor do BTC, anunciou outra iniciativa para apoiar os desenvolvedores do Bitcoin.

Após criar o BTrust, fundo com 500 BTC para financiar desenvolvedores africanos e indianos, com o rapper Jay-Z, Jack Dorsey está anunciando um novo fundo para fornecer defesa legal para os programadores focados na maior criptomoeda do mercado.

Chamado de “Bitcoin Legal Defense Fund”, sua primeira atividade será auxiliar no processo em andamento da Tulip Trading.

Em um email enviado aos desenvolvedores do BTC, Dorsey descreveu o novo fundo como uma “entidade sem fins lucrativos que visa minimizar as dores de cabeça legais que desencorajam os desenvolvedores de software de desenvolver ativamente o Bitcoin e projetos relacionados, como a Lightning Network, protocolos de privacidade do Bitcoin e similares”.

Isso ocorre quando a comunidade tem visto um número crescente de ameaças legais, que muitas vezes levam a processos onde os réus individuais entram em acordos desfavoráveis na ausência de apoio legal.

Em outubro do ano passado, o desenvolvedor Jonas Schnelli, que contribuía com o código do Bitcoin desde 2013, largou o projeto citando o aumento do “risco legal” para desenvolvedores.

O principal objetivo do fundo é “defender os desenvolvedores de ações judiciais relacionadas às suas atividades no ecossistema Bitcoin”. Isso inclui “encontrar e manter um advogado de defesa, desenvolver uma estratégia de litígio e pagar contas legais”.

Vale a pena notar que o Bitcoin Legal Defense Fund será totalmente gratuito e voluntário para os desenvolvedores se eles decidirem procurar assistência.

Terá um conselho composto por Dorsey, o acadêmico Martin White e o cofundador da Chaincode Labs, Alex Morcos, responsável por escolher os processos e réus com os quais trabalha.

O fundo já escolheu seu primeiro caso, pois “assumirá a coordenação da defesa existente do processo da Tulip Trading contra certos desenvolvedores alegando violação do dever fiduciário e fornecerá a fonte de financiamento para advogados externos”.

O caso Tulip é notório no mundo cripto, pois o autoproclamado Satoshi Nakamoto – Craig Wright – decidiu processar vários desenvolvedores do Bitcoin por um suposto hack que resultou na perda de mais de US$ 4 bilhões em BTC. Wright acredita que os desenvolvedores precisam intervir e reverter a transação, algo que é impossível sem um ataque bem sucedido à blockchain.

Leia mais:

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br





Fonte: cointimes.com.br

Comments (No)

Leave a Reply