Desastre do UST-LUNA chega ao fim e STEPN lidera alta com 64% de valorização seguido por Bitcoin e Ethereum que sobem 10%


O mercado de criptomoedas está recuperando parte de seu valor depois que a ‘falência’ da stablecoin UST, da Terra (LUNA) jogou o mercado de criptoativos em uma esprial descendente que levou o valor do Bitcoin para a faixa de US$ 26 mil e fez o mercado de criptoativos perder US$ 1 trilhão de valor em menso de 7 dias.

Como parte da recuperação do mercado todas as principais criptomoedas estão registrando altas de mais de dois dígitos com o Bitcoin (BTC) e o Ethereum (ETH) subindo mais de 10%, seguindo por BNBXRP e Solana com altas perto de 20%, Cardano (ADA) subindo 31% e Dogecoin (DOGE), também com alta de 16%.

No entanto entre as criptomoeda que vem liderando a alta está o STEPN (GMT) que recuperou mais de 64% de seu valor, sendo uma das criptomoedas mais negociadas nas últimas 24h.

 

Segundo o analista Arman Shirinyan, é importante notar que o Bitcoin tem tido sucesso ao recuperar o suporte estabelecido em US$ 30 mil, o que pode indicar que dificilmente o BTC deve ser negociado, no curto prazo, novamente abaixo deste nível.

“A primeira criptomoeda já testou esse nível muitas vezes no período de maio a julho de 2021. O ouro digital recuperou com sucesso o suporte quatro vezes e desta vez não foi diferente, no entanto, o poder de compra existente criou uma ‘faca’ no gráfico diário, o que indica que os touros podem ter comprado a queda estabelecendo US$ 30 mil como novo mínimo”, disse.

Ele também aponta que além de vários níveis de suporte e resistência, é importante olhar os indicadores técnicos que dão uma dica sobre as condições atuais do mercado. Um desses indicadores é o Índice de Força Relativa, que mostra os níveis de sobrevenda ou sobrecompra.

“O RSI mostra o primeiro movimento ascendente desde o início do mês, sugerindo a potencial reversão de curto prazo após cair para o nível mais baixo desde janeiro”, apontou.

Desastre do UST-LUNA chega ao fim 

Para Phil Harvey, CEO da Sabre56, o desastre do UST-LUNA chegou ao fim e, para uma perspectiva de longo prazo, as tendências das criptomoedas são promissoras e as desacelarações são próprias do mercado.

“Os giros nos preços das criptomoedas são uma característica regular da indústria”, destacou.

O trader e analista Michaël van de Poppe, destacou que o período atual pode ser uma oportunidade única na vida para comprar Bitcoin ‘barato’.

Segundo ele, o BTC ainda pode testar a faixa de US$ 24 mil, mas dificilmente deve perder este suporte. Ele aponta contudo que isso não indica que o Bitcoin vai subir, mas que ele pode ficar negociando lateralmente entre US$ 25 mil e US$ 29 mil, já que para ter alguma força os touros devem quebrar e manter US$ 29.600 para voltar à faixa de US$ 30.000.

“O Bitcoin eliminou toda a liquidez abaixo dos mínimos e caiu para o bloco de US$ 26.000. Ainda há um nível em torno de US$ 24.000 restantes que pode ser testado, embora o movimento seja estendido demais. Se quiser algo para cima, é necessária uma quebra acima de US$ 29.600”, apontou.

Portanto, de acordo com van de Poppe, a atual alta de 10% que jogou o BTC acima de US$ 30 mil é vital e, se mantida, pode colocar fim as perdas ocasionadas pelo desatre do UST/ LUNA.

LEIA MAIS

Siga-nos nas redes sociais

Siga nosso perfil no Instagram e no Telegram para receber notícias em primeira mão!





Fonte: cointelegraph.com.br