Depósitos para staking já somam mais de 10 milhões de ethers (ETH) – Money Times


Ethereum ether ETH
Os depósitos para staking da Ethereum 2.0 ultrapassaram US$ 25 bilhões (Imagem: Unsplash/shutter_speed)

A atualização para a Ethereum 2.0termo aposentado pela Ethereum Foundation em favor da expressão “Camada de Consenso” — parece ser a mais aguardada da rede. Segundo o Decrypt, os depósitos que apostam na atualização já somam mais de US$ 25 bilhões.

Divididos em lotes de 32 ethers (ETH) cada, esses depósitos agora são validadores na Ethereum Beacon Chain, a qual é o primeiro passo na transição para a Camada de Consenso.

A principal mudança trazida pela atualização é a troca do mecanismo de consenso adotado pela rede. Na Ethereum 2.0, o algoritmo passará de proof-of-work (PoW) para proof-of-stake (PoS).

Ethereum 2.0 vem aí, e especialistas
estão otimistas com a atualização; entenda

Qual é o papel dos 10 milhões de ETH?

Segundo o Decrypt, o contrato de depósito ao qual já foram enviados mais de 10 milhões de ETH, que ultrapassam US$ 25 bilhões, terá um papel fundamental na Ethereum 2.0.

A transição do algoritmo PoW para PoS traz algumas mudanças importantes. Algumas delas referem-se à diminuição da necessidade de alto poder computacional e a redução do consumo energético para processar transações.

Com isso, o que é conhecido como “minerador” em PoW passa a ser “validador”, em PoS.

O que são protocolos de consenso?

Diferentemente do PoW, em que mineradores “mineram” os blocos de transação na rede, no PoS os validadores emitem novos blocos.

No entanto, para que um nó tenha a chance de se tornar um validador, ele precisa depositar e “bloquear” 32 ETH, no mínimo, os quais não poderão ser gastos. As chances do nó se tornar um validador é proporcional à quantidade de criptomoedas retidas.

O termo “nó” refere-se a um usuário participante da rede do blockchain, que tem o papel de verificar as transações feitas na rede.

Quem faz o staking na Ethereum 2.0?

Segundo o Decrypt, ao observar o contrato de depósito, nota-se que diversas entidades estão envolvidas no staking da Ethereum. A corretora cripto Kraken tem listada uma de suas carteiras da Ethereum para fazer o staking da rede.

Isso acontece porque algumas corretoras oferecem serviços de staking para seus usuários. Outras corretoras que oferecem serviços semelhantes são Binance, Coinbase (COIN) e Gemini.



Source link