DeeStream atrai mais investimentos de investidores da Cardano & Optimism


No cenário imprevisível das criptomoedas, caracterizado por volatilidade e flutuações de preços, mergulhamos no status atual de dois projetos proeminentes: Cardano (ADA) e Optimism (OP). Cardano, operando em um modelo de blockchain proof-of-stake (PoS), distingue-se com uma missão de impulsionar uma transformação global positiva. Enquanto isso, Optimism (OP) serve como uma solução de camada 2 construída sobre a rede Ethereum (ETH), visando facilitar a escalabilidade para o Ethereum.

Entre esses jogadores estabelecidos, também voltamos nossa atenção para o DeeStream (DST), um projeto que promete revolucionar a indústria de streaming.

Cardano (ADA) mostrando resiliência

Cardano (ADA) mostrou resiliência ao postar um aumento de 2% em valor durante o último dia, apesar das críticas de certos especialistas em cripto que expressaram preocupações sobre o token potencialmente perder todo o seu valor. No entanto, esse movimento positivo ocorreu ao lado de uma diminuição notável no volume de negociação, que caiu mais de 26% no mesmo período.

Essa queda no volume de negociação pode ser atribuída aos sentimentos baixistas predominantes no mercado, à medida que os investidores exercem cautela em condições incertas. Apesar das críticas, a capacidade da ADA de manter seu valor em meio à redução da atividade de negociação sugere que ainda pode haver confiança nas perspectivas de longo prazo do token entre certos segmentos da comunidade de investidores.

Optimism (OP) suspendendo saques em ETH

Optimism (OP) teve um mês desafiador, com seu valor despencando mais de 10%, de $3.88 para $3.46. Os detalhes de seus movimentos de preço pintam um quadro ainda mais sombrio, com o token atingindo seu ponto mais baixo em $2.66 em 23 de janeiro, marcando uma diminuição estonteante de 31% dentro do mês.

Os investidores podem estar compreensivelmente preocupados com a continuação dessa tendência de queda, especialmente diante dos desenvolvimentos recentes. Optimism (OP), que opera como uma solução de blockchain de camada 2 construída sobre o Ethereum (ETH), suspendeu temporariamente os saques em ETH. Esse movimento introduz uma camada adicional de incerteza na equação, potencialmente exacerbando as apreensões entre os investidores sobre o desempenho futuro do token.

Investidores estão entrando cedo no DeeStream (DST)

DeeStream (DST) está posicionado para perturbar o mercado de transmissão ao vivo, aproveitando o potencial transformador da tecnologia blockchain e da descentralização. Em uma indústria projetada para alcançar uma avaliação impressionante de $247 bilhões até 2027, o DeeStream (DST) apresenta um desafio formidável a plataformas estabelecidas como Twitch e Youtube. Como a pioneira plataforma web3 oferecendo um modelo de streaming totalmente descentralizado, o DeeStream (DST) desfruta de uma vantagem significativa de primeiro movimento nesta paisagem de mercado em rápida evolução.

Para investidores em busca de oportunidades lucrativas, a fase 1 da pré-venda em andamento oferece um ponto de entrada atraente, com tokens precificados a apenas $0,035. Além do potencial para ganhos substanciais, os participantes da pré-venda têm direito a uma parcela proporcional da receita gerada pela plataforma. Além disso, os detentores de tokens exercem influência por meio da participação em processos decisórios chave, incluindo a submissão de propostas para melhorias na plataforma.

O ecossistema próspero do DeeStream (DST) incentiva tanto os streamers quanto os fãs a se engajarem ativamente no crescimento da comunidade. Com foco em segurança e transparência, o DeeStream (DST) passou com sucesso por sua auditoria, garantindo transações seguras e imutáveis no blockchain. Como os investidores experientes entendem, a entrada precoce em projetos promissores muitas vezes gera retornos significativos, e o DeeStream (DST) parece pronto para oferecer exatamente esse tipo de oportunidade.

Descubra mais sobre a pré-venda do DeeStream (DST) visitando o site aqui.



Fonte: cointimes.com.br