CVM lança campanha no TikTok e vai dar prêmios para quem produzir vídeos alertando contra golpes

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) anunciou uma parceria com o Ministério da Educação (MEC) para o lançamento de uma campanha de conscientização sobre golpes que são aplicados no mercado de investimento, usando ou não Bitcoin (BTC) e criptomoedas.

Segundo anunciou a autarquia a campanha integra a Semana Mundial do Investidor (WIW 2021) e consiste em um desafio no TikTok com a hashtag #seliganacilada. 

O tema do desafio é a prevenção contra golpes financeiros. Segundo a CVM, a proposta é desafiar o público do TikTok a produzir vídeos a respeito do tema para alertar as pessoas sobre golpes e truques financeiros que possam prejudicar os investidores.

Para participar do desafio, basta postar o vídeo com a #seliganacilada no TikTok até o dia 4/11/2021. Os 10 vídeos que tiverem mais curtidas, usando a hashtag #seliganacilada, serão examinados por uma comissão julgadora, que escolherá o vencedor. O grande campeão vai ganhar um fone bluetooth e a participação em um curso online de Educação Financeira. 

‘Eu não colocaria parte relevante da carteira em criptomoedas. No máximo, uma parte bem pequena’, diz André Esteves do BTG

Influenciadores digitais também estão convidados a criarem vídeos #seliganacilada, mas não vão concorrer com os demais participantes

“O desafio, de maneira divertida, vai levar para as redes sociais um assunto de extrema importância e bastante atual, que são os golpes financeiros. Disfarçados de ofertas de investimentos, golpes prometem retornos altos e atraem vítimas na internet”, afirma a CVM.

Golpes

Ainda segundo a CVM, também está no ar a campanha #seliganacilada para alertar o público sobre golpes que parecem (mas não são) atraentes ofertas de investimento.

“Com humor, os vídeos, compartilhados nas redes sociais, alertam a respeito dos cuidados que devem ser adotados pelos investidores brasileiros, além de mostrar as falhas nos discursos de  que se divulgam como “traders” e “gurus de investimento”. Os vídeos foram produzidos pela CVM com apoio da B3”, destaca a atuarquia.

Em pesquisa recente divulgada pela CVM, foi apontado que homens com idade entre 30 e 39 anos (36,5%), renda familiar mensal entre 2 e 5 salários-mínimos (23%) e com pós-graduação (38%), são 91% das vítimas de golpes financeiros. 

As criptomoedas aparecem como o produto de investimento mais citado pelas vítimas de golpes financeiros, sendo mencionadas por 43,3% dos respondentes. Em seguida, aparecem os demais mercados, como Forex (29,8%), opções binárias (16,9%) e ações (15,2%).  

O meio de divulgação para fraude mais citado foi o aplicativo Whatsapp (27,5%), seguido pela divulgação boca-a-boca pessoalmente (19,7%).  

LEIA MAIS

Direcione seus links para OKEx em artigos, blogs e vídeos, ou coloque anúncio em seu site. O melhor programa de afiliados está na OKEx com comissões de 60%, as mais altas do mercado.

Obtenha seu link agora na OKEx!



Fonte: cointelegraph.com.br

Comments (No)

Leave a Reply