Comprando muito? Quase 30 mil BTC saem da Coinbase Pro em 3 transações


O Bitcoin (BTC) pode estar vendo um interesse renovado de grandes compradores, pois os dados mostram grandes parcelas de moedas deixando a mega exchange Coinbase.

Conforme mostrado pelos recursos de monitoramento, incluindo Whale Alert e CryptoQuant em 11 de março, uma carteira desconhecida recebeu quase 30.000 BTC da plataforma dos Estados Unidos.

Coinbase Pro $ 1,15 bilhão mais leve

O potencial buy-in veio na forma de três transações separadas na Coinbase Pro, braço de investimento profissional da Coinbase.

De acordo com o Whale Alert, foram 9.843 BTC, 9.901 BTC e 9.867 BTC, respectivamente, para um total de 29.620 BTC.

9.843 #BTC (390.782.938 USD) transferidos da #Coinbase para carteira desconhecida https://t.co/uYSlIeugzF

— Alerta de Baleia (@whale_alert) 11 de março de 2022

9.901 #BTC (393.077.696 USD) transferidos da #Coinbase para carteira desconhecida https://t.co/1OoPwliWF9

— Alerta de Baleia (@whale_alert) 11 de março de 2022

9.867 #BTC (391.721.155 USD) transferidos da #Coinbase para carteira desconhecida https://t.co/AI5yos1rPr

— Alerta de Baleia (@whale_alert) 11 de março de 2022

Embora não tenha impacto no desempenho do preço, se confirmado como uma compra genuína e não uma transação interna, isso significaria que uma entidade Coinbase Pro comprou mais de US$ 1,1 bilhão em BTC a preços atuais em torno de US$ 39.000.

As transações foram concluídas em rápida sucessão, como mostrado pelas reservas do Coinbase Pro por bloco de Bitcoin minerado durante a noite.

De maneira mais ampla, as reservas das exchanges, em geral, continuaram a cair tanto neste mês quanto no último, mais uma vez em mínimos de vários anos.

As reservas combinadas de BTC das 21 exchanges rastreadas pelo CryptoQuant estavam em 2,357 milhões de BTC na sexta-feira.

O Accumulation Trend Score da empresa de análise on-chain Glassnode acrescenta que, no geral, no entanto, o mercado está em um estado de incerteza e ainda não tende à acumulação.

Bitcoin ainda entediante para o mainstream

Olhando para o interesse no Bitcoin além dos usuários de exchanges, entretanto, fica claro que aqueles que compram não são investidores novatos que entram em massa no espaço.

Relacionado: Criptomoedas lastreadas em ouro estão brilhando em 2022; valor de mercado atinge US$ 1 bilhão pela primeira vez

De acordo com dados do Google Trends, as solicitações de pesquisa por “Bitcoin” permanecem baixas e mal se moveram ao longo do segundo semestre de 2021.

Apenas a baixa de maio passado abaixo de US$ 30.000 conseguiu atrair a atenção do mainstream. Até agora, a tendência não mostra sinais de mudança, apesar dos atuais eventos geopolíticos.

A fonte da maioria das solicitações em uma base mais constante nos últimos 12 meses foi El Salvador, que tornou o BTC uma moeda legal no ano passado.

LEIA MAIS: 

Siga-nos nas redes sociais

Siga nosso perfil no Instagram e no Telegram para receber notícias em primeira mão!





Fonte: cointelegraph.com.br