Código que criou a Internet será transformado em NFT e leiloado



A casa de leilões britânica Sotheby’s anunciou nesta terça-feira (15) que irá leiloar entre os dias 23 e 30 de junho, em seu site, um NFT com o código-fonte original da web – o WWW (World Wide Web), criado em 1989 pelo físico Tim Berners-Lee.

NFT (token não fungível) é um ativo digital criptográfico que representa algo único. Em resumo, é um certificado de um produto digital.

A venda é aberta ao público e os lances começam a partir de US$ 1.000 (R$ 5 mil), segundo o anúncio. Criptomoedas podem ser usadas na compra.

De acordo com a casa de leilões, o NFT é composto pelos arquivos originais com carimbo de data e hora contendo o código-fonte; uma visualização móvel das quase 10 mil linhas da criação; uma carta escrita por Tim e um “pôster” digital do aplicativo.

“Há três décadas, criei algo que, com a subsequente ajuda de um grande número de colaboradores em todo o mundo, tem sido uma ferramenta poderosa para a humanidade. Para mim, a melhor parte da web é o espírito de colaboração. Embora eu não faça previsões sobre o futuro, espero sinceramente que seu uso, conhecimento e potencial permaneçam abertos e disponíveis para todos nós para continuarmos a inovar, criar e iniciar a próxima transformação tecnológica, que ainda não podemos imaginar”, disse ele no material de venda.

“Os NFTs, sejam obras de arte ou um artefato digital, são as criações lúdicas mais recentes nesse reino e o meio de propriedade mais apropriado que existe. Eles são a maneira ideal de empacotar as origens por trás da web”, completou.

WWW

O ‘WWW’ foi criado por Tim Berners-Lee em 1989 em um computador NeXT, desenvolvido por Steve Jobs.

O aplicativo foi o primeiro navegador e editor de hipermídia a dar aos usuários a possibilidade de armazenar diferentes partes de informações em links.

Tim nunca ganhou dinheiro com sua invenção. O código-fonte foi colocado em domínio público logo após seu lançamento.

O valor arrecadado vai ser usado para apoiar iniciativas de Tim e sua esposa, Lady Berners-Lee.



Source link

Comments (No)

Leave a Reply