Carteiras de criptomoedas de integrantes do Hamas foram apreendidas por supostamente estarem financiando crimes de terrorismo


O combate ao crime e ao terrorismo está se deparando cada vez mais com os criptoativos, que vem sendo utilizado como uma medida alternativa para o financiamento de diversos tipos de crimes.

Contra o financiamento de crimes de terrorismo

O ministro da Defesa israelense, Benjamin Gantz, assinou uma ordem para confiscar cerca de US$ 840.000 dólares em criptomoedas das carteiras da exchange al-Mathaddon, que está ligada ao Hamas.

A exchange é de propriedade da família Malach que é ligada ao movimento terrorista Hamas.

Gantz disse que a luta contra o uso de criptomoedas para o financiamento do terrorismo está apenas ganhando força.

O ministro disse que “continuaremos a direcionar os fundos do terrorismo. O ataque ao Hamas e à capacidade da organização terrorista de contornar o financiamento tradicional da criptomoeda é uma ferramenta importante no sistema de segurança em evolução.”

Este é o segundo caso de confisco de criptomoedas da exchange al-Mathaddon por ordem do ministro da Defesa israelense em dois meses.

Na primeira vez, durante uma operação sigilosa foram confiscadas 150 carteiras de usuários da exchange que eram supostamente ligadas a terroristas.





Fonte: BITNOTICIAS.COM.BR

Comments (No)

Leave a Reply