Botto, um algoritmo de Inteligência Artificial vende obras de arte em NFT por US$ 1,3 milhões e ‘devolve’ dinheiro para comunidade cripto

Depois que o robô Sophia anunciou sua entrada no mundo das artes digitais por meio da comercialização de tokens não fungíveis (NFTs) agora foi a vez de outro artista emergir dos algoritimos, a inteligência artificial conhecida como Botto, já lucrou mais de US$ 1,3 milhões com a venda de suas obras digitais também em NFT.

A IA vendeu até agora 6 obras sendo que um comprador pagou cerca de US$ 430 mil pela obra Scene Precede enquanto Asymmetric Liberation, que foi a primeira obra a ser leiloada foi vendida por US$ 325 mil. O trabalho mais recente, Cross Adieu, foi o mais barato, sendo leiloado por US$ 81 mil.

Assim como um humano, a inteligência artificial tem sua ‘rotina’ de trabalho para desenvolver suas obras de arte. No caso da Botto, tudo começa com palavras que são geradas por uma sequencia aleatória no VQGAN (Vector Quantized Generative Adversarial Network), uma ferramenta para gerar imagens a partir de palavras.

Depois disso, um software chamado CLIP (Contrastive Language-Image Pre-training) atribui uma pontuação às imagens geradas, comparando-as com outras imagens que existem para o texto fornecido. O projeto gera 300 imagens por dia e, por semana, são selecionadas 350 imagens para serem vistas por humanos.

Quando a imagem final é gerada, o CLIP pode escolher um título de duas palavras de acordo com a imagem. Em seguida, o gerador de linguagem natural GPT-3, da OpenAI, fica responsável pela descrição, ao possuir 5 a 10 tipos diferentes de poesia abstrata da internet que é selecionada e editada por uma equipa humana.

Quem escolhe são os fãs

Diferente de outros artistas que fazem suas obras sem ouvir seus fãs, no caso da Botto, quem escolhe as imagens que serão transformadas em NFT são seus admiradores, ou seja, os membros da comunidade Botto que votam nas obras de arte apresentadas, e a peça vencedora de cada semana é nomeada NFT e leiloada na plataforma SupeRare.

Além disso, esta votação também é usada para treinar o modelo do Botto que passa a ter novas referêncais para as próximas obras que serão produzidas.

O processo de votação é tão importante para Botto que 15% do dinheiro arrecadado com a venda das obras é devolvido para a comunidade da IA que é formada por investidores de criptoativos já que para votar é necessário possuir o token Botto, construído em Ethereum (ETH). 

Além disso, as peças são projetadas para gerar, no mínimo, 10% de lucro para o projeto, que serve também para comprar tokens e removê-los de circulação. 

LEIA MAIS

Direcione seus links para OKEx em artigos, blogs e vídeos, ou coloque anúncio em seu site. O melhor programa de afiliados está na OKEx com comissões de 60%, as mais altas do mercado.

Obtenha seu link agora na OKEx!





Fonte: cointelegraph.com.br

Comments (No)

Leave a Reply