Baleias investem pesado na Chainlink com alta de 40% no último mês


O recente aumento de quase 40% no preço da Chainlink (LINK) nos últimos 30 dias tem chamado a atenção do mercado, especialmente de grandes investidores, conhecidos como ‘baleias’, que adquiriram mais de US$ 50 milhões em tokens LINK.

Esse movimento coincide com o crescente interesse na tokenização de ativos reais (RWA), uma das narrativas mais quentes do criptomercado atualmente.

A ferramenta de análise on-chain Lookonchain identificou que um investidor retirou 2,7 milhões de tokens LINK da exchange Binance, distribuindo-os em 49 novas carteiras durante esse período de valorização.

Impulsionadores do crescimento

A valorização do LINK é impulsionada por fatores como a parceria da Chainlink com a Circle, através da qual o Protocolo de Interoperabilidade Cross-Chain (CCIP) da Chainlink foi conectado ao Protocolo de Transferência Cross-Chain (CCTP) da Circle.

Essa integração facilita a transferência do stablecoin USDC entre diferentes blockchains, permitindo o desenvolvimento de aplicações cross-chain que envolvem o USDC da Circle, incluindo pagamentos e outras interações DeFi.

Além disso, a perspectiva de tokenização de ativos reais, que permite a representação e negociação de ativos como ouro, ações e imóveis como tokens digitais em uma blockchain, tem sido um forte catalisador para o LINK, com previsões indicando que os ativos tokenizados poderiam valer US$ 16 trilhões até 2030.

Análise de mercado e perspectivas futuras

O valor em dólar bloqueado em contratos futuros abertos vinculados ao LINK mais do que dobrou, alcançando um recorde de US$ 520 milhões nos últimos meses. Em termos de criptomoeda, o interesse aberto aumentou 62%, chegando a quase 30 milhões de LINK.

Esse aumento no interesse aberto, juntamente com a valorização do preço, é geralmente interpretado como um influxo de novo capital no mercado, confirmando a tendência de alta.

Apesar de uma queda de 3,3% no preço do LINK nas últimas 24 horas, o interesse dos investidores e as inovações tecnológicas sugerem um futuro promissor para a Chainlink no ecossistema das criptomoedas.





Fonte: BITNOTICIAS.COM.BR