Australian Open – Torneio do Grand Slam de tênis terá NFTs e evento no metaverso


O Australian Open, uma das maiores competições de tênis do mundo, lançará tokens não fungíveis (NFTs).

Mais do que simples figurinhas colecionáveis

O Australian Open será o primeiro torneio do Grand Slam de tênis a produzir NFTs das partidas.

O torneio de tênis lançará um projeto no metaverso com 6.776 NFTs da colação “Art Ball NFTs”.

Pequenos lotes da superfície da quadra de tênis serão comercializados em NFTs.

Os NFTs trarão todas as tacadas vencedoras das 600 partidas do torneio.

Para aqueles que adquirirem os NFTs serão entregues trechos em vídeo do ponto marcado na partida, também vestimentas virtuais e mercadoria do Australian Open, entre outros produtos.

Cada ponto vitorioso da partida que for realizado numa área da quadra vendida como NFT, o proprietário daquela área receberá a bola de tênis original usada para marcar aquele ponto do jogo.

De acordo com Adam de Cata, diretor da Runitwild e chefe de parcerias da Decentraland, “a trama da quadra ligada ao NFT será alocada aleatoriamente e revelada quando as bolas forem cunhadas, o que significa que um comprador não pode escolher uma posição específica na quadra”.

Metaverso

O Australian Open também vai realizar um evento virtual na plataforma de metaverso Decentraland.

Os usuários da Decentraland e os fãs de tênis poderão participar de um evento, a “AO Decentraland”, em uma uma plataforma de realidade virtual 3D que permitirá que usuários e fãs de tênis explorem o Australian Open.

De acordo com Craig Tiley, diretor do torneio Australian Open, “com esta próxima onda de tecnologia, os fãs globais de tênis terão a oportunidade de fazer parte do torneio de tênis de 2022 de uma forma nunca antes disponível.”





Fonte: BITNOTICIAS.COM.BR

Comments (No)

Leave a Reply