Atualização Dencun é implantada na testnet Holesky


Os desenvolvedores principais da blockchain Ethereum implementaram com sucesso a atualização Dencun na rede de testes (testnet) Holesky. Essa implementação marca o último upgrade de testes do Ethereum antes do aguardado lançamento na mainnet no próximo mês.

A atualização Dencun foi implantada na rede de testes Holesky por volta das 6h35, horário do leste dos EUA, ou seja, 8h35 no Brasil. O sucesso da implementação foi confirmado pelo cliente de execução do Ethereum, Nethermind.

Essa implantação ocorre após a atualização Dencun ter sido implantada na rede de testes Goerli em 17 de janeiro e na rede de testes Sepolia em 30 de janeiro.

Agora, espera-se que os desenvolvedores definam uma data para implementação na rede principal ainda nesta semana. É provável que a data seja entre o início ou meados de março.

Atualização na rede Ethereum

A atualização Dencun combina os upgrades Cancun e Deneb no Ethereum. O Cancun visa implantar melhorias na camada de execução. Enquanto isso, o Deneb está focado em aprimoramentos na camada de consenso.

O Proto-danksharding (EIP-4844), um recurso importante do Dencun, introduz os chamados “blobs”. Essa solução permite o armazenamento temporário e acesso a grandes quantidades de dados off-chain pelos nós do Ethereum. O objetivo dos blobs é reduzir as demandas de armazenamento.

Além disso, a solução visa reduzir substancialmente os custos de transação para dApps do Ethereum. Ou seja, beneficia especialmente as cadeias de rollup de Camada 2. Isso porque facilita o processamento de dados mais eficiente e escalável.

O último grande upgrade do Ethereum, Shapella, ocorreu em março de 2023 – permitindo que usuários e validadores retirassem seu ETH em staking na rede pela primeira vez.

O preço do Ethereum valorizou 1,7% nas últimas 24 horas, de acordo com dados do CoinGecko. No momento da redação desta matéria, a altcoin está custando pouco mais de US$ 2.370.



Fonte: BITNOTICIAS.COM.BR