Apple Vision Pro estreia no metaverso com aplicativo da Victoria VR


A desenvolvedora de realidade virtual (VR) e criptomoedas, Victoria VR, anunciou que está trabalhando para lançar o primeiro aplicativo metaverso de uma empresa relacionada à blockchain no headset Apple Vision Pro.

Fonte: Whitepaper Victoria VR

O metaverso do projeto promete gráficos ultra-realistas e uma jogabilidade imersiva, que complementarão as tecnologias do Vision Pro.

Espera-se que o aplicativo esteja disponível no segundo trimestre deste ano, marcando um importante marco na fusão entre tecnologias de realidade virtual e blockchain.

Potencial do Vision Pro e do metaverso da Victoria VR

O headset futurista da Apple, Vision Pro, lançado em 2 de fevereiro, representa a primeira incursão da empresa no ecossistema de realidade virtual.

Apesar do interesse decrescente pelo metaverso, a Apple não é a primeira gigante da tecnologia a explorar o setor de VR. O Vision Pro competirá com o headset ‘Meta Quest‘ da Meta (anteriormente Facebook).

O metaverso da Victoria VR é impulsionado pelo token VR, que recompensará usuários ativos e stakers. Metade da receita gerada com vendas de ativos no jogo será redistribuída para stakers e usuários ativos do metaverso.

Impacto econômico e crescimento do token VR

A economia interna do aplicativo é alimentada pelo token VR, utilizado para incentivar atividades que aprimoram o ambiente virtual para o benefício de todos os participantes. Nas últimas 24 horas, o token VR teve um aumento de quase 60% e possui um market cap de US$ 103 milhões, segundo dados do CoinMarketCap.

O projeto visa tornar o Victoria VR acessível a todos, permitindo que os cidadãos ganhem tokens VR simplesmente participando do mundo, adotando uma abordagem de ‘pagar para acelerar’ em vez de ‘pagar para ganhar’.

Este desenvolvimento destaca o crescente entrelaçamento entre as tecnologias de realidade virtual e blockchain, abrindo novas avenidas para experiências imersivas no metaverso.

Com a entrada de grandes players como a Apple no espaço VR, espera-se uma inovação contínua e um aumento no interesse e adoção do metaverso e suas aplicações.



Fonte: BITNOTICIAS.COM.BR