Anonymous promete trazer à tona os ‘crimes’ de Do Kwon

O grupo hacktivista Anonymous prometeu “garantir que” o cofundador do Terra, Do Kwon, seja “levado à justiça o mais rápido possível” em relação ao colapso dos ecossistemas Terra (LUNA) e TerraUSD (UST) em maio.

No domingo, um vídeo supostamente vindo do grupo de hackers Anonymous relembrou uma lista de supostas irregularidades de Kwon, incluindo sacar US$ 80 milhões por mês da LUNA e do UST antes de seu colapso, bem como seu papel no crash da stablecoin Basis Cash, a qual Do Kwon supostamente co-criou sob o pseudônimo “Rick Sanchez” no final de 2020:

“Do Kwon, se você está ouvindo, infelizmente, não há nada que possa ser feito para reverter o dano que você causou. Neste ponto, a única coisa que podemos fazer é responsabilizá-lo e garantir que você seja levado à justiça o mais rápido possível”.

O grupo de hackers disse que estaria investigando as ações de Do Kwon desde que ele entrou no espaço cripto para expor seus supostos crimes.

“Anonymous está analisando toda a história de Do Kwon desde que ele entrou no espaço cripto para ver o que podemos aprender e trazer à luz”, afirmou o grupo.

“Não há dúvida de que há muito mais crimes a serem descobertos em seu rastro de destruição.”

O grupo de hackers também criticou Kwon por suas “táticas arrogantes” em trollar concorrentes e críticos e “agir como se ele nunca falhasse”.

Com origem em 2003 no 4chan, o Anonymous é um coletivo ativista internacional descentralizado conhecido por orquestrar ataques cibernéticos contra instituições governamentais, agências, corporações privadas e até mesmo a Igreja da Cientologia.

Em junho de 2021, o mesmo canal do YouTube mirou no CEO da Tesla, Elon Musk, por supostamente “destruir vidas” usando sua influência e influência no Twitter para brincar com os mercados de criptomoedas. O vídeo tem cerca de 3,4 milhões de visualizações na segunda-feira.

Vale a pena notar que existem vários canais do YouTube que afirmam ser afiliados ao grupo de hackers Anonymous. No entanto, existe um consenso geral de que não existe um canal oficial no YouTube para o grupo, dada a sua natureza inerentemente descentralizada e anónima.

Reações mistas da comunidade

Os comentaristas do vídeo do YouTube e da comunidade no Twitter pareciam apoiar amplamente a promessa do grupo de hackers de ir atrás de Kwon, com um comentarista chamando o Anonymous de “Robinhood de hoje”.

No entanto, a mensagem de vídeo gerou mais ceticismo no subreddit r/CryptoCurrency, com usuários criticando o grupo de hackers por emitir uma ameaça vazia contra Kwon e não fornecer novas informações ao público, com um comentarista dizendo:

“Anonymous é tão teen bop agora […] Este vídeo anon é tão não ameaçador que é quase bizarro.”

Enquanto outro disse, “esperaria que eles descobrissem algo, mas não é nada mais do que, bem, nada”.

Parece que, por enquanto, Kwon provavelmente terá ameaças maiores e mais tangíveis com as quais se preocupar.

O Terraform Labs, do qual Do Kwon é cofundador, está atualmente sob várias investigações das autoridades sul-coreanas, incluindo o suposto desvio de Bitcoin (BTC) do tesouro da empresa.

Em maio, uma famosa unidade de investigação de crimes financeiros apelidada de “Ceifadores Sinitros de Yeouido” foi revivida pela Coreia do Sul para investigar o colapso do ecossistema Terra. A equipe é composta por vários reguladores e se concentrará em processar fraudes e esquemas de comércio ilegal.

Mais tarde naquele mês, as autoridades coreanas intimaram todos os funcionários da Terraform Labs para investigar qualquer papel interno na manipulação de mercado.

A empresa também foi multada em US$ 78 milhões pela agência tributária nacional da Coreia do Sul por acusações de evasão fiscal.

LEIA MAIS: 

Siga-nos nas redes sociais

Siga nosso perfil no Instagram e no Telegram para receber notícias em primeira mão!





Fonte: cointelegraph.com.br