Anonymous coloca criador do Terra na mira e diz que vai investigar “golpe de bilhões de dólares”


O Anonymous, famoso grupo de hackers ativista da internet, publicou no domingo (26) um vídeo no Youtube dizendo que vai reforçar as denúncias contra o criador do derretido projeto Terra, Do Kwon , para responsabilizá-lo e garantir que ele seja levado aos tribunais o mais rápido possível.

No vídeo, intitulado “ Mensagem de Anonymous para Do Kwon ”, como de praxe, uma pessoa mascarada e com voz modificada saúda os “cidadãos do mundo” e apresenta o assunto. 

“Os últimos meses foram ruins para o mercado cripto e a economia como um todo, mas Do Kwon, fundador do ecossistema Terra Luna , foi, sozinho, responsável por um golpe de bilhões de dólares em investidores de varejo com suas estratégias egoístas”, afirma o narrador.

Algumas imagens de Kwon endossando o projeto surgem no decorrer do vídeo, enquanto o mascarado expõe controvérsias, como a criação de uma stablecoin, também falida, que o empresário criou sob o pseudônimo de Rick & Morty.

Ao final, o mascarado diz que vai intervir no caso, por conta do dinheiro de investidores de todo o mundo que provavelmente está perdido para sempre.

Anonymous então concluiu que está investigando as ações de Do Kwon mais profundamente, pois acredita que deve haver algum segredo que definitivamente ainda está escondido e que eles o trará a público. E disse que faria o que fosse necessário para responsabilizá-lo por suas ações.

“Do Kwon, se você estiver ouvindo, infelizmente, você não pode consertar a destruição que causou, mas podemos fazer você pagar pelo que fez e levá-lo à justiça o mais rápido possível”, disse o mascarado. E finalizou: “Somos os Anonymous, somos uma legião. Nos aguarde!”.

Denunciante FatMan

A entrada do grupo Anonymous na causa pode reforçar as denúncias contra Kwon, já que o empresário criador da Terra Luna responde a uma ação civil dos Estados Unidos e possuiu outro inimigo, o denunciador anônimo do Twitter chamado Fatman.

Kwon, o polêmico criador do projeto Terra e das criptomoedas derretidas LUNA e UST, está entre os acusados de uma ação coletiva iniciada na semana passada por um cidadão americano em uma corte da Califórnia.

Por sua vez, FatMan fez muitas acusações graves no Twitter. Ele disse, por exemplo, que Do Kwon e sua empresa Terraform Labs, desviaram centenas de milhões de dólares “diretamente da capitalização de mercado da LUNA” nos últimos anos para “pagar salários de funcionários e despesas operacionais da Terra”.

Todas as acusações, diz, são baseadas em informações obtidas com delatores que trabalham dentro das empresas envolvidas e que não querem ter suas identidades reveladas.

Terra Luna e Do Kwon

Do Kwon também está sendo processados nos EUA , enquanto outros participantes do sistema Terra estão vendo um possível cerco se armar. Na semana passada, a Promotoria de Justiça de Seul, capital da Coreia do Sul, proibiu de deixar o país todos os ex-funcionários da empresa ,  uma medida que pode ser para garantir futuras ações das autoridades, como mandados de busca e apreensão.

Os tokens UST e LUNA implodiram em maio , reforçando a crise atual, período que vem sendo chamado de inverno cripto. Do Kwon, que havia garantido que a stablecoin algorítmica UST não iria colapsar, enquanto usava o Twitter para atacar os críticos, vem sendo acusado de criar um sistema parecido com uma pirâmide financeira.

Mas isso não foi o suficiente para impedir a comunidade do projeto Terra de aprovar o lançamento de uma nova criptomoeda, conhecida como Luna 2.0 , pouco após o desastre. O processo incluiu o lançamento de um novo token e o rebaixamento da “velha” moeda para o nome de Luna Classic, operando com o token LUNC.

O post Anonymous coloca criador do Terra na mira e diz que vai investigar “golpe de bilhões de dólares” apareceu primeiro em Portal do Bitcoin .



Fonte: theblockcrypto.com