Análise de preços 09/05: BTC, ETH, BNB, XRP, SOL, ADA, LUNA, DOGE, AVAX, DOT


O BTC e muitas altcoins estão se aproximando rapidamente da “fase de capitulação”, que normalmente é seguida pelo mercado encontrar um fundo.

Os mercados de ações globais estenderam seu declínio em 9 de maio e o S&P 500 caiu para uma nova mínima de 52 semanas. O Bitcoin (BTC) caiu para uma nova mínima no ano e a maioria das principais altcoins estendeu seu declínio ao acompanhar a fraqueza nos mercados de ações.

Dados da empresa de análise de blockchain Glassnode mostram que os fluxos de Bitcoin para exchanges centralizadas aumentaram para mais de 1,7 milhão de moedas, o maior desde fevereiro. Isso sugere que as baleias podem estar despejando suas reservas, pois antecipam uma tendência de baixa prolongada.

Desempenho diário do mercado de criptomoedas. Fonte: Coin360

Vários analistas esperam que os mercados de criptomoedas entrem em uma fase de capitulação que geralmente marca um fundo. O analista Dylan LeClair destacou que os fundos anteriores do mercado durante os mercados de baixa ocorreram quando o Bitcoin caiu para seu preço realizado (base de custo médio on-chain). A métrica está atualmente em US$ 24.300.

Bitcoin e altcoins poderiam entrar em uma fase de capitulação ou é hora de os mercados de criptomoedas surpreenderem muitos com uma forte recuperação? Vamos estudar os gráficos das 10 principais criptomoedas para descobrir.

BTC/USDT

O Bitcoin despencou abaixo do canal ascendente em 5 de maio e continuou em baixa, indicando que os ursos não estão dispostos a perder sua vantagem. O preço caiu abaixo do suporte crítico em US$ 32.917, mas os ursos podem enfrentar um forte desafio dos touros em níveis mais baixos.

Gráfico diário de BTC/USDT. Fonte: TradingView

Se o preço se recuperar do nível atual, o rali de alívio poderá atingir a média móvel exponencial de 20 dias (EMA) (US$ 37.670). Este é um nível importante a ser observado, porque se o preço cair da EMA de 20 dias, isso sugerirá que o sentimento permanece negativo e os traders estão vendendo em altas.

Os ursos farão outra tentativa de puxar o par BTC/USDT para o suporte crítico em US$ 28.805. Este nível provavelmente atrairá a compra dos touros.

No lado positivo, um rompimento e fechamento acima da EMA de 20 dias será a primeira indicação de que a pressão de venda pode estar diminuindo. Isso pode abrir caminho para um possível rali para a média móvel simples de 50 dias (SMA) (US$ 41.279).

ETH/USDT

O Ether (ETH) rompeu abaixo da linha de tendência de alta em 7 de maio. Este movimento invalidou o padrão de triângulo ascendente em desenvolvimento. O rompimento de um padrão de alta geralmente é um sinal de baixa, pois stops de vários touros que podem ter comprado em antecipação a um rompimento do padrão vão sendo acionados.

Gráfico diário de ETH/USDT. Fonte: TradingView

A venda forte puxou o preço abaixo do suporte imediato em US$ 2.445. Isso abre a porta para uma possível queda na zona de suporte crítica entre US$ 2.300 e US$ 2.159. Os touros provavelmente defenderão essa zona com todas as suas forças, porque um rompimento abaixo dela pode afundar o par ETH/USDT para US$ 1.700.

Se o preço se recuperar da zona de suporte, os touros tentarão empurrar o par acima da EMA de 20 dias (US$ 2.790). Se eles tiverem sucesso, isso sugerirá que os ursos podem estar perdendo o controle. O par poderia então subir para a SMA de 50 dias (US$ 3.043).

BNB/USDT

O BNB teve vendas sustentadas nos últimos dias. Os ursos puxaram o preço abaixo do forte suporte em US$ 350 e agora estão desafiando o nível crítico em US$ 320.

Gráfico diário de BNB/USDT. Fonte: TradingView

Um rompimento e fechamento abaixo de US$ 320 seria um grande negativo, pois esse nível não foi violado desde agosto de 2021. Há um suporte menor em US$ 300, mas se esse nível não conseguir impedir o declínio, o par BNB/USDT pode cair para US$ 250.

Alternativamente, se o preço se recuperar de US$ 320, os touros tentarão empurrar o par acima de US$ 350 e desafiar a EMA de 20 dias (US$ 383). Os compradores terão que superar esse obstáculo para sinalizar que o declínio pode ter acabado. O par poderia então subir para a SMA de 50 dias (US$ 409).

XRP/USDT

O Ripple (XRP) recusou a EMA de 20 dias (US$ 0,63) em 5 de maio e caiu abaixo de US$ 0,62. Os compradores tentaram empurrar o preço de volta acima de US$ 0,62 em 6 de maio, mas os ursos se mantiveram firmes.

Gráfico diário de XRP/USDT. Fonte: TradingView

O par XRP/USDT continuou seu declínio e rompeu abaixo do suporte em US$ 0,55. Isso abre caminho para um novo teste do suporte psicológico em US$ 0,50. Espera-se que os compradores defendam esse nível com vigor porque um rompimento e fechamento abaixo dele podem iniciar uma tendência de baixa que pode afundar o par para US$ 0,42.

Por outro lado, se o preço se recuperar do suporte de US$ 0,50, os touros tentarão novamente impulsionar e sustentar o par acima da EMA de 20 dias. Se forem bem-sucedidos, isso sugerirá que a pressão de venda pode estar diminuindo.

SOL/USDT

O fracasso dos touros em empurrar Solana (SOL) acima da EMA de 20 dias em 5 de maio pode ter atraído fortes vendas dos ursos. O preço continuou seu movimento descendente e caiu abaixo do forte suporte em US$ 75.

Gráfico diário de SOL/USDT. Fonte: TradingView

Se o preço se mantiver abaixo de US$ 75, isso sugerirá o início da próxima perna da tendência de baixa. O par SOL/USDT pode primeiro cair para US$ 66 e em seguida a US$ 58. Se o preço se recuperar dessa zona, os compradores tentarão empurrar e sustentar o par de volta acima de US$ 75. Se eles conseguirem fazer isso, isso sugerirá que a tendência de baixa pode estar terminando.

Pelo contrário, se a recuperação parar em US$ 75, isso sugerirá que os ursos transformaram o nível em resistência. Se isso acontecer, os ursos tentarão retomar o declínio.

ADA/USDT

Cardano (ADA) subiu acima da EMA de 20 dias (US$ 0,81) em 4 de maio, mas os touros não conseguiram sustentar os níveis mais altos. O preço caiu em 5 de maio e rompeu abaixo do forte suporte em US$ 0,74 em 8 de maio.

Gráfico diário de ADA/USDT. Fonte: TradingView

Isso sugere a retomada da tendência de baixa. O par ADA/USDT agora pode cair para US$ 0,64, o que pode atuar como suporte. Se o preço se recuperar desse nível, os touros tentarão novamente empurrar o par acima da EMA de 20 dias. Se eles tiverem sucesso, isso sugerirá que o rompimento abaixo de US$ 0,74 pode ter sido uma armadilha para ursos.

Pelo contrário, se o rali de alívio parar em US$ 0,74 ou a EMA de 20 dias, isso sugerirá que os ursos estão ativos em níveis mais altos. Os vendedores tentarão então afundar o par no suporte psicológico em US$ 0,50.

LUNA/USDT

O token LUNA da Terra caiu da linha de tendência de baixa em 5 de maio e caiu abaixo do forte suporte em US$ 75 em 7 de maio. Isso completou o padrão de baixa de cabeça e ombros, sugerindo o início de uma nova tendência de baixa.

Gráfico diário de LUNA/USDT. Fonte: TradingView

O pavio longo nas velas de 7 e 8 de maio sugere que os touros compraram em níveis mais baixos, mas o fracasso em iniciar uma recuperação mostra que os ursos não estão dispostos a perder sua vantagem. O alvo padrão desta formação de topo é de US$ 50. Esse nível provavelmente atrairá fortes compras pelos touros.

Se o preço se recuperar de US$ 50, os touros tentarão empurrar o par LUNA/USDT para o nível de rompimento em US$ 75. Se o preço cair deste nível, o par pode formar um intervalo entre US$ 50 e US$ 75.

DOGE/USDT

Dogecoin (DOGE) recusou a EMA de 20 dias (US$ 0,13) em 7 de maio, indicando que os ursos continuam vendendo em ralís. A venda ganhou impulso em 9 de maio e os ursos puxaram o preço abaixo do forte suporte em US$ 0,12.

Gráfico diário de DOGE/USDT. Fonte: TradingView

A EMA de 20 dias descendente e o índice de força relativa (RSI) no território negativo indicam vantagem para os vendedores. Se os ursos sustentarem o preço abaixo de US$ 0,12, o par DOGE/USDT poderá deslizar para o suporte psicológico em US$ 0,10.

Se o preço se recuperar de US$ 0,10, os compradores tentarão empurrar o par acima de US$ 0,12 e desafiar a EMA de 20 dias. Um rompimento e fechamento acima da EMA de 20 dias pode ser a primeira indicação de que o par pode permanecer preso entre US$ 0,10 e US$ 0,17 por algum tempo.

Ao contrário dessa suposição, se os ursos afundarem o par abaixo de US$ 0,10, a venda poderá se intensificar e o declínio poderá se estender para US$ 0,06.

AVAX/USDT

Avalanche (AVAX) recusou a EMA de 20 dias (US$ 63) em 5 de maio e caiu abaixo do suporte crítico em US$ 51. Se os ursos sustentarem o preço abaixo de US$ 51, isso indicará a retomada da tendência de baixa.

Gráfico diário de AVAX/USDT. Fonte: TradingView

Há um suporte menor em US$ 47 e depois em US$ 43. Se o preço subir de qualquer suporte, os compradores tentarão empurrar o par AVAX/USDT de volta acima de US$ 51. Se eles tiverem sucesso, o par poderá se recuperar para a EMA de 20 dias, que é um nível importante para ficar de olho.

Se os touros empurrarem o preço acima da EMA de 20 dias, isso sugerirá que os ursos podem estar perdendo o controle. O par poderia então tentar um rali para a SMA de 50 dias (US$ 77).

Alternativamente, se a recuperação vacilar na EMA de 20 dias, isso sugerirá que o sentimento permanece negativo e os traders estão vendendo em ralís. Os ursos tentarão novamente retomar a tendência de baixa.

DOT/USDT

A negociação de intervalo apertado da Polkadot (DOT) entre US$ 14 e US$ 16 foi resolvida para baixo em 7 de maio, indicando que os ursos dominaram os compradores.

Gráfico diário de DOT/USDT. Fonte: TradingView

O par DOT/USDT agora pode cair para o suporte crucial em US$ 10, onde se espera que os touros montem uma forte defesa. Embora a EMA de 20 dias em declínio (US$ 15,54) sinalize vantagem para os ursos, o RSI no território de sobrevenda sugere que uma recuperação pode estar próxima.

Se o preço se recuperar de US$ 10, os touros tentarão empurrar o par acima da EMA de 20 dias. Se conseguirem fazer isso, será o primeiro sinal de que a pressão de venda pode estar diminuindo.

Alternativamente, se o preço cair da EMA de 20 dias, isso sugerirá que os ursos continuem vendendo em ralís. Os ursos tentarão novamente afundar o par abaixo do forte suporte em US$ 10. Se eles fizerem isso, o par pode cair para US$ 7,16.

As visões e opiniões expressas aqui são exclusivamente do autor e não refletem necessariamente as opiniões do Cointelegraph. Cada movimento de investimento e negociação envolve risco. Você deve realizar sua própria pesquisa ao tomar uma decisão.

Os dados de mercado são fornecidos pela exchange HitBTC.

VEJA MAIS:



Fonte: cointelegraph.com.br