Americano se mudou para El Salvador esperando a “Bitcoin City”, mas até agora nada


Corbin Keegan, um investidor de Bitcoin americano, se mudou para El Salvador assim que o presidente do país, Nayib Bukele, anunciou a criação da Bitcoin City em 2021. No entanto, após mais de 2 anos, o projeto ainda não saiu do papel.

Em conversa com a AFP, o americano se mostrou esperançoso. “Isso vai acontecer. Então eu vou ficar”, comentou Keegan. “Vou esperar o tempo que for preciso.”

Enquanto a “cidade do Bitcoin” não fica pronta, o americano está vivendo uma vida simples na beira do mar, um pouco afastado da cidade de Conchagua que, segundo dados mais recentes, possui cerca de 37.000 habitantes.

“Vivendo psicopaticamente o padrão bitcoin. Permanecendo tóxico e humilde”, comentou Keegan nas suas redes sociais recentemente enquanto exibia fotos de sua pequena casa e o banco onde senta para ver as ondas do mar.

psycopathicly living the bitcoin standard. staying toxic and humble. pic.twitter.com/3znX6iwsAh

— 🦅Corbin Bitcoin Keegan🦂 (@KeeganCorbin) January 5, 2024

Governo salvadorenho deve emitir títulos para construção da Bitcoin City em 2024

Após a emissão dos títulos de dívida em Bitcoin ser adiada diversas vezes, El Salvador prometeu dar início à arrecadação em 2024. Com o valor de US$ 1 bilhão a serem arrecadados, em Bitcoin e na stablecoin USDT, o governo planeja construir a Bitcoin City.

Em suma, a cidade seria livre de impostos e alimentada pela energia a ser gerada por um vulcão que também contribuí para a beleza natural da região. Portanto, esses foram alguns dos motivos que atraíram Corbin Keegan para a cidade, antes mesmo dela existir.

Embora o Bitcoin tenha se tornado moeda legal em El Salvador, nem todos comerciantes o aceitam. Em Playa Blanca, região da cidade onde Keegan vive, a aceitação é nula, forçando o americano a andar 20 km com sua moto até encontrar um caixa eletrônico para converter seus bitcoins em dólar americano.

No seu tempo livre, Keegan conta que faz todos os tipos de trabalhos na região e que seus vizinhos o chamam de “El Gringo”. Embora não tenha divulgado quanto bitcoins possui, suas declarações deixam a entender que ele está acumulando, e acreditando no, Bitcoin há mais de 10 anos.

Outra ação do governo salvadorenho que pode aumentar a chegada de investidores na região é a venda de cidadanias pelo equivalente a US$ 1 milhão em Bitcoin. El Salvador planeja acumular US$ 1 bilhão em BTC com o programa.

Salvadorenhos irão às urnas neste domingo para eleição presidencial

Embora Nayib Bukele não pudesse se candidatar novamente a presidência, já que a constituição de El Salvador proibia mandatos consecutivos, o atual presidente conseguiu driblas as leis e está tentando se reeleger no país.

As eleições para presidente de El Salvador acontecerão no próximo domingo (4) e Bukele não possui adversários à altura. Segundo dados do Statista, Bukele lidera com 93% das intenções de votos.

Nayib Bukele, atual presidente de El Salvador, deve se re-eleger nas eleições do próximo domingo (4).

Em conversa com a Reuters nesta quarta-feira (31), Felix Ulloa, vice-presidente de El Salvador, afirmou que ele e Bukele continuarão comprometidos com o Bitcoin após as eleições mesmo com a pressão do FMI e outros órgãos monetários internacionais.

Portanto, é possível que o americano Corbin Keegan esteja mais próximo de ver, e sobretudo viver, em uma cidade voltada para o Bitcoin.

Fonte: Americano se mudou para El Salvador esperando a “Bitcoin City”, mas até agora nada

Veja mais notícias sobre Bitcoin. Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.





Fonte: cointimes.com.br