Ações da Coinbase devem cair em 17%: “Volume falhou em impressionar,” diz Mizuho Bank


Historicamente, o volume de comércio na Coinbase tem se movido em paralelo com o preço do bitcoin, mas esse padrão pode estar mudando, de acordo com Mizuho.

Como as ações, as criptomoedas têm caído nos últimos seis meses. Mizuho descobriu que os volumes de negociação continuaram a aumentar durante as liquidações, mas “não conseguiram impressionar” quando os preços cripto subiram.

O banco avaliou as tendências de volume na Coinbase (COIN) entre janeiro de 2021 e abril de 2022, os resultados sugerem que investidores podem estar sofrendo de uma “fadiga cripto,” segundo o analista Dan Dolev.

“O volume médio diário de negociação na Coinbase nos dias de baixa do bitcoin foi 15% maior do que os volumes nos dias de alta. Nos últimos meses, entretanto, os volumes dos dias de queda são 42% maiores 5 ações de bancos para investir e lucrar com as altas taxas de jurosdo que os dos dias de alta, quase 3x em relação à relação anterior.”

Disse Dolev

Entre 9 e 16 de junho, o bitcoin caiu de $30.000 para $21.000, o volume médio diário de negociação nessa janela de tempo foi de US $2.5 bilhões. Desde então, o volume diário médio foi de US $1.9 bilhões, de acordo com a análise da empresa.

“Nós encorajamos os investidores a domar suas expectativas,” disse Dolev, pois a Coinbase “ainda está 10-15% abaixo do consenso do segundo trimestre e cerca de 30% abaixo dos níveis do primeiro trimestre.”

Mizuho tem uma meta de preço de $45 dólares por ação da Coinbase, cerca de 18% abaixo do preço atual de US $55 por ação. 

Leia também:





Fonte: cointimes.com.br