A função das sardinhas no mercado de criptomoedas


O que sabemos é uma gota, num oceano de ignorância, segundo Isaac Newton.

Se por repetidas vezes o mercado tradicional é retratado como uma batalha entre ursos e touros, nos permita também metamorfosear o mercado de criptomoedas num oceano onde as sardinhas, as baleias e demais agentes do ecossistema movimentam-se transparentemente; um oceano onde os dados boiam na superfície do mar azul ou na crista das ondas espumosas; um oceano onde cada gota de informação é valiosa. 

Toda semana, então, para acompanhar as condições desse oceano criptográfico, a empresa de análise on-chain Glassnode goteja análises sobre o mercado de criptomoedas e a rede Bitcoin. 

Por causa do mar agitado, as sardinhas – ou Short-Term Holders (STH) – não acumulam uma grande parte do fornecimento de moedas. Somente 3 milhões de moedas aproximadamente estão nas mãos das sardinhas nas últimas semanas. 

3 milhoes de bitcoin detidos por sardinhas
Oferta detida pelos STH – Fonte: Glassnode

Mas por que o saldo de satoshis nas mãos dos STH faz diferença no mar cheio de baleias e tubarões?  

Sempre em começo de um ciclo de alta ou final de uma onda de baixa as sardinhas não acumulam muitas moedas. Em momentos anteriores, como janeiro de 2019 e maio de 2020, o nível de moedas nas mãos destes novos investidores foi bem baixo. 

Atualmente, esse saldo está abaixo de 3 milhões de bitcoins, mesmo com o nível de preço chegando próximo de máximas. 

Bitcoin (BTC) Alta Histórica e Histórico de Preços 

Com o gráfico de valor agregado da rede Bitcoin extraído pela Glassnode, podemos perceber, conforme está sinalizado, uma forte entrada de sardinhas em topos de preço do ativo e também uma concentração maior de acumulação por parte dos investidores de longo prazo em ciclos de baixa no mercado. 

As sardinhas no mercado de criptomoedas surfam nas cristas espumosas das ondas de Bitcoin. O gráfico mostra que, no momento atual, estamos longe da crista da onda.  

Sardinhas no topo e investidores de longo prazo no fundo
Valor agregado da rede – Fonte: Glassnode 

Outro indicador importante para entendermos os movimentos que acontecem no oceano criptográfico é o fluxo de saída de moedas das corretoras. Conforme relatamos, as saídas de bitcoins das corretoras sinalizam que o investidor tem menor preferência temporal, o que reforça a confiança dos investidores de longo prazo.  

A análise completa de todos os indicadores da Glassnode foi disponibilizada pelo criador do canal Jaraguá. Confira no vídeo abaixo:

A NovaDAX está completando três anos!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil completa três anos no mês de novembro e quem ganha é você! 

Serão até 30 moedas com taxa zero para transações e mais de 80 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.





Fonte: cointimes.com.br

Comments (No)

Leave a Reply