5 grupos de bitcoin no Telegram que você precisa seguir


O mercado de critpomoedas pode ser muito desafiador, principalmente com o excesso de notícias e ruídos sobre um tema tão novo e desconhecido. 

É por este motivo que traremos os principais canais e grupos de criptomoedas no Telegram que você deve seguir.

Cypherpunks Brasil

O Bitcoin foi uma criação que surgiu no meio dos cypherpunks, pessoas fascinadas por tecnologia e criptografia. Os cypherpunks buscam mais liberdades por meio do uso de algoritmos, programação e da ciência da computação. 

Há um grupo e um canal, ambos com amplo conteúdo sobre privacidade, criptomoedas e liberdade.

Se você quer realmente sentir o espírito ou ethos do Bitcoin, então siga o grupo Cypherpunks Brasil no Telegram.

Canal do Cointimes News

Trazendo ainda o ethos do movimento cypherpunk, mas com foco em notícias está o grupo Cointimes News. 

Por lá você vai encontrar todas as notícias que saem no Cointimes, além de análises, memes e vídeos. Se você quer informação, então entre no canal Cointimes News

Grupo da Huobi Brasil no Telegram

A Huobi é uma das maiores corretoras de ativos digitais do mundo, sua presença no Brasil está se expandindo e eles estão fazendo isso por meio de um grupo bem estruturado no Telegram. 

Dentro deste grupo você vai encontrar análises exclusivas, notícias do mercado e promoções exclusivas da Huobi no Brasil e no mundo. Além disso, poderá contar com o auxílio de uma comunidade forte e crescente. 

Entre no grupo da Huobi para fazer parte dessa comunidade. 

Telegram do Fernando Ulrich

Fernando Ulrich é um dos maiores nomes no mercado de criptomoedas, economista da Escola Austríaca, Ulrich é um veterano no mercado de ativos digitais. 

O canal de Ulrich no Telegram não apenas apresenta temas relacionados ao mercado de criptoativos, mas também fala sobre economia e até mesmo política de uma maneira sólida e cheia de dados. 

Para entender a economia digital, o canal dele é essencial. 

CointraderMonitor 

O CointraderMonitor é um dos sites que coletam as cotações e dados importantes do mercado brasileiro de criptomoedas. Eles contam com diversos grupos de WhatsApp e até mesmo Telegram. 

Constantemente há atualizações de preço nos grupos, volume das corretoras brasileiras e envio de conteúdos de vários influenciadores. 





Fonte: cointimes.com.br

Comments (No)

Leave a Reply